Espresso, cappuccino e latte

Depois de abordarmos assuntos como: as variedades de grãos, as regiões produtoras, as diferenças entre café comum e café especial, os blends e a torrefação, chegamos no 4º e último post da série Ford Edge Espresso Experience. Agora sim, vamos ao que interessa. As técnicas para o preparo de um espresso, cappuccino e o latte art. Esse post tem um sentido completamente distinto para os leitores que acompanharam os episódios anteriores, caso contrário seria apenas mais um vídeo mostrando o processo de extração de um espresso. Alguns consumidores tendem a tratar a questão de uma maneira simplista “Que máquina preciso adquirir e o que devo fazer para obter um espresso perfeito?” Porém, como já foi comentado em inúmeros posts aqui no blog, é preciso compreender um pouco mais todas as variáveis que interferem na qualidade final do café.

Conhecendo os elos da cadeia e os elementos que atuam em cada processo, o consumidor terá condições de discernir o café de qualidade de um vulgar e exigir uma bebida de maior qualidade em estabelecimentos como cafeterias e restaurantes. Vamos combinar, existe coisa mais desapontadora que finalizar uma refeição num restaurante fino com um espresso fajuto? Com tamanha variedade de grãos especiais nesse país, opções acessíveis de máquinas de espresso e farto material de referência, é imperdoável que um restaurante de posicionamento superior não ofereça um café espresso a altura de seus pratos. É o velho hábito de tratá-lo como “cafezinho” para fechar a refeição. Sem qualidade ou glamour, apenas um hábito.

  • Ivan Marcos Balastrelli

    Tenho uma duvida, pois quero comprar uma cafeteira, pois trabalho com festas e eventos, verifiquei a Delonghi ESAM 4500 e a 6620 e também a Gaggia modelo Brera, não sei qual a melhor em termos de qualidade para o trabalho de festas e eventos. Ou outro modelo mais adequado, se alguma dica agradeço.

  • Ivan Marcos

    Tenho uma duvida, pois quero comprar uma cafeteira, pois trabalho com festas e eventos, verifiquei a Delonghi ESAM 4500 e a 6620 e também a Gaggia modelo Brera, não sei qual a melhor em termos de qualidade para o trabalho de festas e eventos. Ou outro modelo mais adequado, se alguem puder dar alguma dica agradeço.

  • juliana

    olá. sou amante de um bom café e apaixonada por capuccino. Quero adquirir uma cafeteira espresso mas tenho dúvidas em qual escolher. preciso e uma com custo menor. mas quero uma que tenha um bom bico vaporizador que realmente funciona. quase comprei uma electrolux crema silver pór 251,00, já esperimentei o café dela gostei mas li algumas opinioes de que o vaporizador não é bom. então vi e gostei da philco 19 bar. será que é uma boa opção pelo preço de 449,00? o vaporizador funcionam legal mesmo? e quanto o barrulho que dizem que ela faz, é muito barrulho mesmo? por favor me ajudem pois não entendo muito de cafeteira. abraço

  • josenildo

    olá Jomar! vou começa a trabalhar em uma cafeteria no próximo mês, só e ainda não tenho conhecimento pratico na máquina. gosto de fazer origami em papel e não sabia que tinha esse tipo de arte tão fenomenal, tenho facilidade de aprender fácil esse tipo de arte, só que queria praticar-la desde já, posso começar em casa ou tem que ter uma máquina?

  • Ana Carolina

    Olá Jomar gostaria de tirar uma duvida vc recomenda para uso caseiro a Gaggia Evolution mais ela faz leite vaporizado tbm? Vc nao recomenda uma moedora para uso domestico?

  • lina

    Conheci hj o QVinho e amei….por varios fatores…gostaria que me ajudassem a comprar uma cafeteria, quero fazer cappuccino, leite vaporizado e espresso, qual vcs indicam???

  • Alan

    Seu último parágrafo é exatamente o meu sentimento. No último ano virei um degustador de cervejas especiais e artesanais, e agora estou entrando para o mundo do café, que eu já gostava, mas não conhecia com detalhes. É a maior decepção e até digo falta de respeito ir em um restaurante fino, onde se paga 70 reais o prato principal, e quando pergunto pela carta de cervejas, são as mesmas de baixíssima qualidade de sempre, aquelas ditas não-puras (populares), feitas com cereais não-maltados (arroz, milho), conservantes químicos e outras porcarias. Com o café deve ser a mesma coisa. Infelizmente no Brasil ainda temos essa cultura para alguns produtos, se não pra maioria deles.

  • Luciana Byhain

    Adorei as informações sobre café, é muito bacana quando encontramos um blog amigo que possamos contar no que for necessário quando os interesses são os mesmos. Eu amo café e adoro me informar sobre as coisas que fazem parte da minha vida.
    Expressinho ou capuccino hummmmmmmmmm é tudo de bom, eu adoro o aroma do expresso e o gosto marcante de um bom e delicioso expresso.

  • Daila

    Olá Jomar,

    Belo Blog. Ainda não li todo. mas chego lá. Amo amo amo café. Nos locais por onde passo jamais deixo de experimentar ou de sair “a cata” de um bom café. Semana passada fiquei alguns dias em Curitiba e, sem exagerar, acho que tomei uns 20 cafézinhos em 3 dias. Obviamente “sono ‘a noite” foi meio complicado. Mas uma boa xícara de café vale uma noite sem dormir. Resumindo: tenho umas 6 cafeteiras em casa. Das normais (eletricas) às de expresso. Nenhuma funciona. Daria para iniciar um brechó. A que faz um cafezinho mais ou menos é a manual (comprada na Itália) para 4 cafézinhos. Entao vou te perguntar: Se você fosse comprar uma cafeteira (para espresso) para uso pessoal (não importa o local, seja aqui ou seja no exterior) qual vc compraria e porque? Sei que apenas uma boa cafeteira nao resolve. Vai depender do grao, da qualidade da água, de quem tira e etc… Mas por enquanto vamos nos concentrar na maquina. Quero tomar em casa aquele café com aroma forte e cremoso sem estar com gosto de queimado. Podes me ajudar? Grata e um abraço. Daila

    obs: Estive tbem na Italia e na época simplesmente nao consegui comprar nenhuma cafeteira pois fiquei paralizada em frente as mesmas sem saber o que trazer. Nem minha irmã que mora há alguns anos na italia consegue me ajudar na escolha, porque simplesmente nao curte café.

  • Rosi

    Ooi de novo Jomar!
    Se essas opçoes não é digamos… a mais adequada, qual me recomenda?
    (não esquece as POP). Ah! não quero um capuccino SUuPER CREMOSO mas ralo, ninguém merece.
    Obrigada

  • Rosi

    Olá, Jomar!
    Adoro café e gostaria de comprar uma máquina, mas meu marido reluta(ele não gosta tanto quanto eu) portanto, preciso de uma dica (já li as outras dicas). Tomo 2x pela manhã e + 2 à tarde, uma ELETROLUX seria legal ou da FHILCO? Desculpe, mas tem que ser as POP se não eu não ganho.
    Ah! Adorei toodo site!

  • Ana Silvia

    Olaaa… acabei de comprar uma cafeteira expresso Philco 19 bar(o que mais me chamou atenção). Pra te dizer, não sei se fiz uma boa esolha…Mas a minha duvida na questão da escolha do cafe e para fazer um bom cappucino(qual melhor leite), “marcas” para que tenha um bom resultado na finalização dos meus cafés…
    Obrigada

    • juliana

      oi ana silvia . estou querendo comprar uma cafeteira como a sua philco 19 bar. mas tenho duvidas que vc pode me ajudar. o bico vaporizador dela é bom mesmo? vc consegue vaporizar o leite e deixa-lo cremoso? porque amo capuccino e gostaria de saber se conseguiria fazer um capuccino cremoso nessa cafeteira. aguardo sua resposta. abraço

  • Vitor

    Oi jomar, gostaria de parabenizar pelos posts e pela série, realmente me ajudou muito a aprender sobre essa arte e melhorar a minha extração do expresso.

    Parabéns

  • Julio

    Olá Jomar

    Você ressaltou muito bem a importância do moedor de café. Que tal publicar uma matéria com esse tema? Certamente nos ajudaria bastante na hora da compra bem como no manuseio.
    Obrigado pelo ótimo material publicado.

    Abraços
    Julio

    • http://www.qvinho.com.br Jomar

      Sugestão anotada.

  • DANILO

    Adquiri uma fun kitchen espresso com moedor afim de me deliciar com um cafe feito na hora e a qualquer momento, isso mesmo sem ter nenhum conhecimento da materia, minha decepção foi grande em não ter nenhum ensinamento de como fazer um simples expresso cremoso junto com o produto e muito menos um capucino.Tentarei por em pratica as explicações adquiridas no blog que foram de muita valia. Sabe que sempre acreditei que todo cafe deveria ser adoçado ou por açucar ou adoçante, e o capucino tambem. Agradeço pela aula e um abraço.

  • jerusa

    adquiri uma cafeteira expresso xd803b best cook. O café não sai cremoso. O que acontece? Embora tem somente 4bar. Se comprasse uma cafe de qualidade ajudaria melhorar meu cafe?

  • Paulo Lemos

    Jomar parabéns pelo excelente trabalho que vocês vêm fazendo. Tenho acompanhado os posts e as dicas são sensacionais.
    Estou procurando uma máquina para uso caseiro. Após ler a suas dicas e fazer várias pesquisas na net estou entre duas opçoes: Gaggia Evolution (Gaggia) ou Vavigaggia (Saeco).
    Alguém pode me ajudar a decidir?
    Obrigado

    • http://www.qvinho.com.br Jomar

      Paulo, atualmente a marca Gaggia pertence a Saeco, mesmo assim as máquinas são diferentes. A Gaggia sempre emprega caldeiras de alumínio e portafiltro tradicional, enquanto a Saeco faz uso de caldeiras de inóx e portafiltro pressurizado. Tenho uma Saeco, mas hoje prefiro a Gaggia, devido ao desenho “mais profissional” do portafiltro. A Gaggia Evolution é uma boa opção.

  • Claudio Amaral

    Jackson!!!

    Parabéns pela informações concedidas.
    Somente dessa maneira, podemos demonstrarmos o quanto é valioso o mundo do café, assim como é do vinho. Assim como diz o nosso amigo Barista, qual não citarei nome , pois o mesmo que aparece no vídeo. Existem diversos Cafés com sua altitudes, aroma e sabor diferenciado, basta o ouvinte e espectador, se habituar com o de sua preferência. Vai uma informação, o profissional capacitado para extração de um Espresso e conhecedor de grãos de Café chama-se Barista.
    Gostaria se possível visitar o nosso site, onde também falamos sobre Café Espresso e Tipos de equipamentos.
    Obrigado e sucesso

  • http://www.pierdeipanema.com.br Marco Telles

    Prezados Jackson e Jomar,
    Sou movido a café que fazia nos moldes tradicionais. Ao morar sozinho, optei em comprar uma cafeteira “qualquer” mas, como haviam alguns modelos para “expresso” a preços acessíveis, resolvi comprar uma.
    Em casa minha decepção com o resultado de minha compra levou-me a uma pesquisa no oráculo chegando a este site onde após ler todos os posts relacionados a café, aprendi que não sabia nada sobre o café nosso de cada dia.
    Muito obrigado pelo tempo que vocês dedicam publicando material de primeira. Sei o trabalho que dá para tornar um site atraente.
    Por outro lado, gostaria de uma ajuda de vocês, já que onde moro (interior do RJ) não há cafés de qualidade. Seria possível indicações de lojas no RJ e SP, que vendam pela internet ? E o Ateliê do Café, vocês recomendam ainda ?
    Grato por qualquer ajuda, despeço-me desejando muita sorte para nós! :)

    • http://www.qvinho.com.br Jomar

      Caro Marco, ficamos muito felizes em saber que nosso blog contribuiu com a sua aprendizagem no mundo do café. Então, as micro torrefadoras focadas em comércio pela internet ainda são raras no Brasil, uma pena, mesmo assim não desista de comprar bons cafés. Vale muito a pena! Abraço!

  • http://mygourmetguide.blogspot.com José

    Olá,

    De facto um mau café pode estragar uma boa refeição e poder ser o suficiente para se perder um cliente.
    Felizmente, segundo oiço dizer, o café aqui em Portugal é dos melhores, assim como em Itália.
    No entanto há vários factores que determinam a sua qualidade : a torrefacção, a máquina, a água e quem tira (não sei se vocês usam esta expressão no Brasil, refiro-me ao acto de obter o café da máquina)

    Bom fim-de-semana,

    José

  • Clataka

    Olá pessoal; estive a semana passada no atelie da Isabela Raposeiras http://www.raposeiras.com.br/, em Pinheiros Sao Paulo, barista premiada e digo q fui muitíssimo bem atendido pela propria. Adquiri cafes fresquissimos e de EXCELENTE qualidade. Recomendo a todos uma visita e certamente nao irao se arrepender. Eu ja virei cliente cativo.Gde bj ISABELA!!!

  • http://Elaine Elaine

    Olá Jomar e Jackson, depois que vimos o video fomos até São Paulo e não pudemos deixar de conferir o café do Santo Grão que realmente é delicioso. Aproveitamos e compramos cafés e esclarecemos uma série de dúvidas. Meu marido até faz as decorações que aprendeu com o pessoal. Parabens pela matéria e por nos ajudar tanto nos cafés como nos equipamentos. Precisaria de uma dica sua: vou ter a oportunidade de comprar uma nova máquina de café espresso e estou em dúvida entre a Odea Giro, a Gaggia (que não sei qual modelo é melhor) e a Rancilio Silva. Gostaria que meu café saisse bem cremoso. Aceito a dica de vcs. Grata

    • http://www.qvinho.com.br Jomar

      A Rancilio Silvia é bem mais máquina que Gaggia e Saeco.

  • Marcio

    Excelentes posts!

    Voces sabem onde posso encontrar (em Sao Paulo) lojas que vendam tampers e pitchers? Temos uma Silvia e gostaríamos de começar a aprender essa arte :)

    Obrigado

  • http://www.conhecaopantanal.com.br Edelson

    Parabéns ao Jackson e ao Jomar pelo site!
    Sou amante de bons vinhos e bons cafés, pena que eu só descobri o blog de voces agora… mas está sendo de grande valia, estou adquirindo muito conhecimento. Inclusive já consegui melhorar 80% o sabor do meu espresso só com as dicas de voces.
    Eu tenho uma dúvida sobre “adoçar” ou não o espresso. Eu particularmente adoço pelo menos um pouco, parece que dá mais sabor. Mas tem gente que diz que só toma o espresso “puro”, e que apreciam mais assim.
    Quanto a voces dois, tomam puro ou adoçado?
    Abraços e parabéns!

    • http://www.qvinho.com.br Jomar

      Caro Edelson, fico muito satisfeito com esse seu depoimento, prova que o nosso esforço vale a pena. A questão de adoçar o espresso é um pouco relativa; alguns puristas acham uma heresia, mas acredito que seja uma questão de gosto pessoal. Quando preparo cafés frescos e de alta qualidade prefiro não adoçar, uma vez que o açúcar adultera o sabor, além do que, esse tipo de café costuma ter uma certa doçura natural. Cafés inferiores não merecem tanto rigor, se você prefere com a açúcar não há nenhum problema nisso.

  • thatyane trindade nogueira amaral

    quero saber se tem uma maquica q vc coloque a moeda e para poder sair o cafe…

  • http://www.qvinho.com.br Jackson

    Obrigado Monalize, o projeto nasceu exatamente para mostrar aos consumidores tudo que está por trás dos bons cafés. Não sei se a sua ideia é fazer um curso, mas acredito que o melhor aprendizado seja observar o trabalho dos profissionais e depois praticar bastante.

    Para visualizar melhor essa técnica veja com atenção o vídeo que produzimos sobre Cappuccino que está no YouTube, assim como as dezenas de vídeos relacionados que aparecem na janela lateral.

    http://www.youtube.com/watch?v=6ItGgf1WfSk

  • monalize sousa

    Meus parabéns pelo maravilhoso e fascinante comentário sobre nosso café.Estou cada vez mais interessada na arte de cappuccino e é por isso que lhe pergunto como fazer latte com art abraços mon

  • http://www.qvinho.com.br Jomar

    Vanessa, o Babinski se atrapalhou na matemática. Ele quis dizer que o cappuccino deve chagar até a boca com partes iguais de café, leite e creme da vaporização. Isso garante um ótimo sabor, além de uma textura sedosa e agradável. É só isso.

  • Vanessa

    Jomar, parabéns pela série de posts, os vídeos ficaram excelentes!
    Agora, nesse último fiquei com uma dúvida matemática no cappuccino: 2/3 + 2/3 + 1/3? Como isso é possível?

  • http://www.qvinho.com.br Jomar

    Renato, ainda não provei nenhum dos dois, também não achei nenhuma referência, seja positiva ou negativa. O jeito é você provar outros cafés e tentar identificar qual é melhor.

  • Renato Todorov

    Amigos, gostaria da opinião de vocês em relação a dois grãos um tanto controversos que eu tenho tomado e gostado.
    Seriam o Fazenda Águas Claras e o Café D’Oraggio.
    Uns falam muito bem, outros falam mal, eu particularmente gostei dos dois, queria saber de vocês o que acham.

    Um abraço e obrigado!

  • Jair Rodriguez

    Voces estão de parabéns pelas matérias, não sabia que para beber um bom café existiam tantos detalhes. A partir de hoje vou começar a prestar mais atenção de onde vem o café que bebo.

  • http://www.qvinho.com.br Jomar

    Pedro, sou fã de espresso, acho esse método imbatível, porém nem sempre é fácil de ser empregado em casa. Exige equipamentos caros e uma certa habilidade, caso contrário não irá apresentar bons resultados. Muitos aficionados por café gostam de french press, por ser um método simples e eficiente. A cafeteira italiana do tipo Moka é bem interessante, mas precisa de muito calor para extrair o café, com isso aumentam as chances do café queimar.

    O melhor negócio é testar; faça alguns cafés em uma Moka e depois na French Press, avalie os resultados. Eu sei, para fazer isso você terá que comprar as duas, mesmo assim é o único jeito de você conhecer os prós e contras de ambos.

  • Pedro

    Olá Jomar e Jackson, tenho estudado um pouco sobre café e uma dúvida que tenho é sobre o melhor método de extrair o café. Acho que a unanimidade é o expresso. Mas tenho dúvida quanto aos outros. Poderia me falar em ordem quais as melhores maneiras de extrair o café, para que ele fique o mais aromático e saboroso possível ? Minha principal dúvida é se o french Express é melhor que a cafeteira italiana (Moka) ? Ou isto é apenas uma questão de gosto pessoal. Abrçs, Pedro.

  • http://www.usu.edu Robson Chaves

    Excelente material. Precisamos disso no Brasil…qualidade!!

  • http://www.qvinho.com.br Jackson

    Cristina e César, muito obrigado! Essa foi a ideia da serie de posts patrocinada pela Ford, trazer informações valiosas sobre os cafés especiais para os consumidores. Temos consciência que plantamos uma boa semente, mas ainda é preciso muitos anos de trabalho para que uma base maior da população tenha acesso a esse conhecimento. Durante muito tempo certos gurus e a mídia fizeram “caixa preta” com esse assunto. Mas, hoje, revistas especializadas e blogs conseguem preencher bem essa lacuna.

  • Cesar Leal

    Parabéns!
    Só tenho a agradecer pela qualidade das matérias. Excelente série.
    Estou aprendendo muito e tomando cada vez mais gosto pelos bons cafés.

    Jackson e Jomar, vocês estão fazendo um grande trabalho.

    Abraço,

    Cesar Leal

  • http://www.ateliedocafe.com.br Cristina

    Jackson,
    Parabens pelos postings, pela qualidade do material e pela profundidade dos mesmos. Ainda falta no nosso pais conhecimento sobre este mundo fascinante dos cafés especiais. Consumidores informados serão mais exigentes e consequentemente melhorará a qualidade dos cafés servidos pelo nosso país.