Café especial vs. café comum

É provável que muitos leitores do QVinho tenham se questionado em relação a termos recorrentes em nossos artigos como: cafés especiais, cafés gourmet e cafés comerciais. Afinal, o que de fato difere esses produtos? Vale realmente a pena pagar mais de R$35/kg por um café especial? Algumas respostas para essas e outras perguntas estão nesse segundo episódio do Ford Edge Espresso Experience. Fala-se muito nas caraterísticas organolépticas superiores dos cafés que utilizam grãos especiais na sua extração, porém nada melhor do que ver esses grãos e saber mais sobre todas as etapas que definem a qualidade de um bom café.

No primeiro artigo da série falamos sobre as principais variedades de cafés e regiões produtoras. Agora no segundo vídeo colocamos lado a lado grãos especiais com grãos comuns, e a diferença entre eles pode ser facilmente notada, principalmente antes da torrefação. Quando analisamos um café dito especial notamos que os grãos são isentos de defeitos ou qualquer outro tipo de impurezas tais como: cevada, casca de café, paus, grãos podres, fermentados, verdes, comidos por bichos etc. Todo esse cuidado com a seleção dos grãos será fundamental para a obtenção de um produto final de alta qualidade.

Achei interessante transcrever o comentário enviado pelo leitor André, no post do dia 2, que resume bem o experiencial de beber um bom café espresso:

Quando convido um cliente para um café em minha empresa faço questão de frisar que trata-se de um espresso. Tomar um simples “cafezinho” não tem a menor graça, por sua vez um espresso bem tirado e com grãos de qualidade é algo prazeroso.

Isso é a mais pura verdade. Já perdi a conta das situações que convidei amigos e clientes para um espresso no escritório e notei uma expressão de espanto e desprezo, como se estivessem pensando: convidar para um café? Coisa mais chinfrim, de banco e sala de espera de laboratório! Contudo, não culpo essas pessoas por pensarem assim, já que a imagem do “cafezinho”, apesar do consumo elevado, ficou rebaixado ao pior patamar. Culpa dos grãos de péssima qualidade e dos métodos inapropriados de preparação.

  • HEVER J.GONÇALVES

    ESTOU FAZENDO CURSO DE BARISTA PARA ABRIR MEU PROPIO NEGOCIO E GOSTARIA DE RECEBER ESTES VIDEOS SOBRE A QUALIDADE DO CAFÉ POR EMAIL. É POSSIVEL~?

  • http://wanessa@njv.com.br Wanessa Dias

    Bom Dia.
    Gostaria por favor de esclarecer uma duvida , posso usar café comum em maquina de expresso .

  • http://www.grupoiveri.com Gil Manigrassi

    Cafes !
    Tudo mundo sabe tudo !!!
    …Mas não sabe nada !!
    Tudo mundo fica expert !!!!
    …mas expert.. nunca !!!
    eli faz um cursinho de uma semana sobre o café e aí já fica expert !!!
    …tudo mundo sabe tudo…
    sas, sobre tudo, boa sorte !!!
    Obrigado,

  • Ronaldo Alves

    Compro café cru(sem torrar)e tenho sempre café fresco,com muuito creme.
    É uma prática comum nos Eua (home roasters) que não pegou por aqui.
    Coloquei umas três vezes café cru no site mercado livre e não recebi nem uma consulta.
    Não abro mão de torrar meu próprio café,porque estou numa região produtora tendo acesso a ótimos grãos.

    • Roberto

      Boas, Ronaldo me explique como você torra café fale um pouco desta experiencia para eu aprender

      obrigado
      Roberto

  • Pingback: Ford Edge Espresso Experience #4: espresso, cappuccino e latte art

  • Vanessa

    Comprei ótimos cafés Daterra. Vieram fresquinhos, eles me enviaram um dia após a torra. Aprovei! Se alguém puder indicar outros sites que vendam cafés especiais, eu agradeço desde já.

  • Marilia Rangel

    Estou abrindo um mini-café e comprei no Shopping Iguatemi_Poa, o café em grão moida na hora da Zcafé é demais,recomendo a todos que procuram um café especial.

  • Clataka

    Olá Cristina, infelizmente ja nao tenho a documentacao desta compra. Mas em vista do teu gde interesse, voltarei a adquirir novamente, pois mesmo nas condicoes adquiridas, é inegavel a qualidade do cafe fornecido. Espero receber cafe fresco na prox compra q se dará ao termino do cafe Ghini em estoque. Incrivelmente mesmo sem a resposta deles(Ghini) consegui cafes c/ menos de 1 semana da torra.

  • Silma

    Pode me informar onde, em Recife, consigo comprar um café para máquina expresso, já moído? É mesmo imprescindível que ele informe que o café é próprio para máquina expresso? E aqueles que informam apenas que são especiais, mas não citam se serve bem para uma máquina expresso, não servem?

  • http://www.ateliedocafe.com.br Cristina

    Clataka,

    tudo bom? voce pode me dizer quando comprou cafés da Daterra que chegaram para vc com data de torra de 30 dias? vou verificar, ja que enviamos o café no dia seguinte da torra… abraços Cristina

  • http://www.mamaria.com.br doces e salgados

    Nada como saborear um café fresco e delicioso.Adorei a matéria pois não tenho muito conhecimento a respeito de grãos e adoro um café de qualidade.

  • Francine

    Cafés especiais é tudo de bom! Gostei do vídeo…

  • http://www.qvinho.com.br Jomar

    Clataka, é realmente um pouco difícil comprar um café fresco e de qualidade no Brasil. O jeito é tentar conversar com os fornecedores para evitar atrasos na entrega.

    As empresas daqui não estão habituadas a trabalhar no esquema just in time, coisa que os americanos fazem muito bem.

    • felipe lima

      bom dia!

      temos uma distribuição de cafés frescos e de qualidade em recife solicite uma visita . f 81-8834-1933

  • Clataka

    Olá Jomar, tento adquirir cafes c data de torra c menos de 30 dias e nao tenho conseguido, comprei os Daterra direto mas qdo chegou a data de torra era + de 30 dias. Uso muito o Ghini, mandei 2 emails pelo site deles p/ informacao do ponto de venda e nem me responderam. Acho q eles descobriram q sou pobre. haha!! Meu consumo mensal gira em torno de 4kg.

  • Luis Fernando

    Sou consumidor de cafés especiais há um bom tempo e posso afirmar com segurança que vale a pena pagar um preço mais elevado para saborear um café de primeira linha.