Restaurante 1884 Francis Mallmann

Durante o QVinho on the Road conhecemos magníficas vinícolas e restaurantes de deixar qualquer um com água na boca. Sem dúvida, um lugar que não pode ficar de fora de um bom roteiro é o 1884 Francis Mallman. O restaurante está localizado, em Godoy Cruz, a poucos minutos do centro de Mendoza, e anexo a tradicional Bodega Escorihuela Gascón. O Restaurante leva o nome do Chef Francis Mallmann, que também possui operações em outras cidades da Argentina e Uruguai como: o Patagonia Sur (Buenos Aires), o La Cocina (Bariloche), e os Los Negros e Aguas Verdes (Punta del Este). Nascido na Patagônia e com passagens por aclamados restaurantes da França, Mallmann ganhou fama como um dos grandes chefes sul-americanos. Polêmico, o chef procurou valorizar elementos da cozinha regional argentina, e conquistou fãs entre críticos gastronômicos e celebridades como: Francis Ford Coppola, Ralph Lauren e Madonna. No mês de maio deste ano Francis Mallmann lançou mais um livro, Seven Fires: Grilling the Argentine Way, editora Artisan (ainda não lançado no Brasil), principalmente dedicado as técnicas como preparar um bom grelhado argentino.

Quando chegamos, ainda pelo lado de fora, em uma área tipicamente de armazéns, nos deparamos com uma construção secular da bodega. Ao ingressarmos no pátio interior, destinado ao estacionamento, parte da bodega ainda estava cercada por tapumes, em razão do incêndio que destruiu suas instalações. Já no restaurante a bela arquitetura em estilo espanhol com espaços amplos encanta os visitantes. As mesas localizadas no jardim, assim como o forno de barro alimentado por muita lenha – um dos principais instrumentos da cozinha de Mallmann – são um charme a parte. No salão interior é possível ter uma visão privilegiada da movimentação na cozinha e ainda acessar uma rede Wi-Fi (o que para nós foi ótimo). A carta de vinhos tem uma boa seleção de rótulos com distintas faixas de preços, e como não poderia ser diferente, as grandes estrelas são argentinas.

Iniciamos nosso jantar com um couvert de deliciosos pães e logo partimos para a escolha dos pratos. O Chivito de Malargüe (60 pesos) assado no forno à lenha estava fantástico. Assim como as Costillas de Cordero (47 pesos) acompanhadas por um purê de batatas mescladas com folhas verdes; um show de sabor! O vinho para acompanhar esses pratos? Pois bem, carnes de sabor pronunciado como o Cordero e o Chivito vão muito bem com um Cabernet Sauvignon encorpado ou um Malbec. Para fazer jus ao local onde estávamos pedimos um Escorihuela Gascón Malbec (60 pesos), que não me recordo a safra. Para falar a verdade, nesse jantar não degustamos nada, apenas bebemos. Depois de um dia inteiro dedicado à visitas em vinícolas, degustações técnicas e entrevistas queríamos apenas relaxar. Para encerrar a noite, uma deliciosa sobremesa de Creme de Mascarpone e laranjas com ervas e açúcar caramelizado (21 pesos). Para ficar perfeito só faltou aquele café espresso que tomamos em boas cafeterias do Brasil, mas aí já é querer demais*.

(*) Na Argentina até hoje só provei café espresso ruim ou no máximo aceitável.

* * *

Este post faz parte da série On the Road 2009. Clique aqui |+| para ler mais artigos sobre o Chile e a Argentina. Clique aqui |+| para ler sobre outras viagens dos editores.

  • Alice Lisboa

    Estivemos nesse restaurante em Setembro de 2008. PERFEITO!!! Que vontade de voltar lá….
    Em SP capital tem um restaurante de uma chef “discipula” de Francis Mallmann chamado Arturito. Vale a pena conhecer.

  • Daniel

    Necessita fazer reserva nesse restaurante?

  • Rosanna

    Ótimo restaurante em Mendoza!!! Muito bem decorado, lugar extremamente agradável e a qualidade dos pratos e vinhos excelente.

  • Maria Anunciata

    Estivemos em Mendoza e aproveitamos para conhecer esse restaurante maravilhoso. Começamos pelo bar onde tomamos um pisco sauer.Em seguida,passamos para o restaurante e degustamos um delicioso jantar terminando com uma sobremesa dos deuses:creme de mascarpone com laranjas. Programa imperdível.

    • http://www.qvinho.com.br Jackson

      Maria, realmente jantar no Francis Mallman é um programa muito recomendado em Mendoza. A qualidade dos pratos, quantidade das porções e a apresentação são ótimos. Os pães e o ambiente também dispensam comentários.

  • Neusa

    Este restaurante eu tenho que conhecer. Pelo que vocês escreveram, deve ser FANTÁSTICO!

  • Murilo

    Poxa isso é covardia! Ver esses pratos maravilhosos… huuuummm Uma costeleta de cordeiro viria muito bem a calhar e com um malbec então… ótimo post

  • Felipe Lorente

    Ótima dica, a costeleta “me encanta”. Mas me surpreendeu o valor do vinho pois na Argentina os preços são geralmente mais razoáveis que no Brasil. Este deve ser algo muito especial, mesmo.
    Parabéns pelo post, abraço.