Restaurantes para comer bem em Buenos Aires

Os posts do QVinho relacionados aos roteiros do vinho e da gastronomia já são velhos conhecidos de muitos. Até hoje nosso foco tendo sido orientar os leitores nas visitas às vinícolas, com dicas valiosas de como chegar, onde se hospedar, e principalmente, onde comer bem nessas regiões. Ao que tudo indica – pelas dezenas de comentários nos posts e e-mail que recebemos – essas informações tem ajudado muitos viajantes. Claro, a prioridade para as zonas vinícolas deve continuar, até porque esse é o DNA do QVinho. Contudo, a pedido desses mesmos leitores, e pela importância gastronômica de Buenos Aires, resolvi compilar uma lista com sugestões de boa mesa. Obviamente aqui, a ideia não é fazer um guia pormenorizado das melhores casas portenhas – o que seria muito pretensioso da minha parte, tendo em vista o contingente de excelentes restaurantes – mas, apresentar algumas opções que saiam do lugar comum, e possam agradar bolsos e gostos variados. Por essa razão não vou chover no molhado, e deixo de lado nomes badalados de Puerto Madero, muitos deles conhecidos como “caça-turistas”, já que pouco habitantes estão dispostos a pagar preços exagerados.

Já comentei aqui sobre a forte tradição Argentina ligada às carnes vermelhas, principalmente gado. Aliás, o rebanho de bovinos tem uma expressiva participação na economia do país, sendo motivo de orgulho para os argentinos. E por razões obvias, o know-how para preparar um bom assado — a forma como os argentinos fazem os seu churrasco — está presente em todo o país. Mas se engana quem acha que Buenos Aires está limitada a parrilla e aos “bodegón”. A gastronomia portenha também se destaca por sua diversidade, graças a influência da culinária italiana e espanhola, muito difundida pelas correntes migratórias que afluíam em princípios do século XX. Andando pelos principais bairros portenhos encontramos restaurantes fabulosos nos mais variados estilos: franceses, tailandeses, italianos, espanhóis, peruanos e escandinavos. Mas não se engane, as “roubadas” estão por todos os lados, fique atento para não se deixar seduzir apenas com belas fachadas e ambientes bem transados, alguns deles operam com um over priced considerável.

A localização exata dos restaurantes pode ser obtida no mapa Restaurantes – Buenos Aires. Os preços dos pratos mencionados neste post estão em pesos argentinos (referência novembro 2009).

1. La Bourgogne

Localizado em pleno coração da Recoleta, no sofisticado Hotel Alvear, o La Bourgone é um dos mais conceituados, senão o mais renomado restaurante francês de Buenos Aires; o único Relais & Gourmand da Argentina. Sua deliciosa cozinha francesa e internacional é comandada pelo Chef Jean Paul Bondoux (o Chef também possui uma filial em Mendoza, dentro da Bodega Carlos Pulenta). O ambiente é um pouco antiguado, o carpet e os móveis são bem anos 80. Por outro lado, os pratos são impecáveis, muito bem apresentados, com ingredientes de alta qualidade e um sabor incomparável; capaz de desarmar até mesmo o mais feroz dos críticos. E o piano de cauda, nas mãos certas, deixa o ambiente bem agradável. Sem dúvida, uma visita altamente recomendada, se não fosse por um ponto: o preço elevado. Os pratos principais giram em torno de $130, as entradas $90 e uma pequena garrafa de água (Evian) não sai por menos de $18, mas se o seu orçamento permitir uma extravagância dessas, vá em frente e aproveite cada minuto. Antes de começar a refeição, não deixe de provar os pães. Com uma variedade e o sabor excepcionais eles estão longe de ser um simples couvert. Para entrada, que tal uma Terrine de Foie Gras ($128)? Como prato principal Trilogia de Cordeiro ($128) é fantástica; uma oportunidade única de saborear, em um mesmo prato, três diferentes cortes e preparos da carne de cordeiro. Uma interpretação mais sofisticada para os tradicionais cortes de gado pode ser experimentada no delicioso Ojo de Bife ao molho de Cognac e vegetais ($122); uma carne suculenta e macia, acompanhada por um molho aromático e vegetais no ponto exato. A carta de vinhos é bem diversificada, contudo os preços são altos para o padrão portenho, alguns bons Malbec, por exemplo, podem começar por volta de $95. As sobremesas e o carrinho de queijos são um capitulo a parte, peça o Sorvete de Figo com Peras Confitadas ($66).

Ayacucho, 2027 – Recoleta
Tel. 4808-2100 / 4805-3857

www.alvear.com

2. Crizia

Ao contrário do La Bourgogne, o Crizia traz mais inovação, a começar pelo ambiente supermoderno e descontraído. Localizado no badalado Palermo Soho, o Crizia consegue entregar uma proposta imbatível, agregando um ambiente sofisticado, uma cozinha e um serviço de alta qualidade; e o melhor de tudo, pratos com preço bem competitivos. Comandada pelo jovem Chef Gabriel Oggero a cozinha argentina de autor ganha um toque a mais com a influência mediterrânea, que pode ser percebida nos pratos de frutos do mar e no seu belo Oyster Bar. Sem descuidar da cozinha, Gabriel faz questão de passear pelas mesas após o horário de pico da cozinha para conversar com os clientes e avaliar o desempenho de seus pratos. Ponto para Oggero que sabe bem a importância de um bom marketing. Quem gosta de ostras, a pedida é começar com uma porção de Ostras Gratinadas ao Champagne; mas se você não curte essa iguaria, talvez ou um Provolone de Cabra Grelhado com Azeite de Oliva e Ervas. Para o prato principal recomendo provar a Costeletas de Cordeiro Patagônico com Gratin de Queijo e Confit de Tomates ($56) ou ainda o Cordeiro patagônico em cocção lenta ( 4 horas ). Na seleção de peixes o Atum selado na grelha com vinagrete de lima é imperdível; a carne no ponto ideal foi perfeitamente harmonizada com os aromas e o toque levemente picante do molho. Se você quiser encerrar a noite com um doce, experimente o delicioso Sorvete de Mascarpone acompanhado de Frutas Cítricas. Os pratos são muito bem apresentados e generosos, e a carta de vinhos não é tão extensa, mas tem boas opções de rótulos com preços acessíveis.

Gorriti, 5143 – Palermo
Tel. 4831-4979

www.crizia.com.ar

3. Chila

Em Puerto Madero, para variar dos tradicionais Cabanã Las Lilas, e El Mirasol, o Chila sem dúvida é uma excelente opção. O ambiente é sofisticado, daquele tipo perfeito para um jantar romântico. A cozinha de autor com um toque francês, não fica atrás; as porções não são tão generosas, mas a apresentação e o sabor dos pratos compensa. Também existe a opção de menu degustação (a partir de $300) que pode ou não ser acompanha de vinhos. A sugestão de rótulos para a harmonização é espartana, porém cumpre o papel para deixar a experiência gastronômica mais completa. Para começar Mollejas de Chivito ($60) ou um Foie Gras com compota de Peras e Porto ($90). Depois, que tal um Risotto Negro com lagostins, vieiras e mexilhões ($95)? Bom, seja qual for a opção de prato, você corre o risco de gostar muito e querer voltar outras vezes.

Av. Alicia Moreau de Justo, 1160 – Puerto Madero
Tel. 4043-6067

www.chilaweb.com.ar

4. Casa Coupage

Para quem curte um ambiente mais intimista e um atendimento verdadeiramente personalizado, o Casa Coupage, do casal Santiago e Inés é o lugar ideal. Acompanhando a tendência mundial dos Supper Club, ou seja, lugares pequenos restritos a aproximadamente 16 convidados, onde a própria residencia ou cozinha do Chef é aberta para os amantes da boa mesa. Alguns projetos ganharam bastante exposição na mídia, como é o caso do The Loft, do Chef Nuno Mendes (ex-staff do El Bulli). Aqui no Casa Coupage, não é diferente, os proprietários atendem pessoalmente os convidados que podem desfrutar de um completo menu degustação de seis passos. As quartas-feiras a casa abre as portas para eventos dirigidos à degustadores de vinhos, sempre mediante reservas, já que o espaço é muito restrito. Outro aspecto interessante, como os donos são sommeliers, a proposta é harmonizar os vinhos com o menu degustação de cada estação. A cozinha é de excelente qualidade com destaque para pratos como: Ojo de Bide de Novilho, a Codorniz recheada de cogulemos silvestres e presunto cru.

Güemes 4382 1° piso – Palermo
Tel. 4833-6354
www.casacoupage.com.ar

5. Astrid & Gastón

Se a ideia é provar um pouco dos sabores andinos que fazem a fama da gastronomia peruana, a dica é conhecer o Astrid & Gastón. O restaurante é uma franquia do badalado Chef peruano Gastón Acurio. Como era de se esperar o cardápio tem uma variação em relação ao encontrado no Chile e Peru, o que é justificável, tendo em vista que os ingredientes típicos como batatas, milhos, pimentas e peixes, são diferentes. De qualquer forma a comida é ótima e o ambiente suntuoso dado pela casona clássica onde ele está localizado dá um charme especial. Visitar um restaurante peruano e não pedir Cebiche, é como visitar Roma e não conhecer o Vaticano. Então nada melhor do que começar pedindo um Pisco Sour ($30) e um Cebiche Clássico ($41). Para quem gosta de frutos do mar, outra possibilidade, é experimentar o Cebiche Mixto ($46) que além da corvina, leva lagostins e vieiras. Saindo dos Cebiches e Tiraditos perunanos, o Pato com Arroz Meloso, Cerveja Preta e Cebolas é outra excelente opção.

Lafinur, 3222 – Palermo
www.astridygaston.com

6. El Desnível

Ótima opção se você estiver passeando no bairro de San Telmo, principalmente depois de visitar a feira realizada aos domingos na Praça Dorrego. O ambiente é simples, mesas com aquelas toalhas de plástico, e decoração com posters vintage, bem ao estilo de San Telmo. Logo na entrega uma imensa churrasqueira dá um panorama do que vem pela frente: carnes grelhadas da melhor qualidade. O Bife Chorizo e o Bife de Lomo com papas fritas não tem erro. Além de você comer muito bem, a conta deve agradar principalmente os viajantes mais econômicos.

Defensa, 855 – San Telmo

7. La Parolaccia Del Mare

Se você busca por um almoço relativamente rápido, mas não quer abrir mão de uma comida de qualidade, e um ambiente com um certo estilo, o La Parolaccia Del Mare é a escolha ideal. Inaugurado em 1988, no Barrio Norte, por uma família de italianos vindos de Roma, o La Parolaccia é hoje uma rede sucesso com mais de 8 filiais. A gastronomia segue a linha italiana e mediterrânea com fartura e boa qualidade dos pratos. O ambiente agradável e a localização privilegiada em Puerto Madero – muito próximo a ponte de La Mujer – deixam a proposta ainda mais atrativa. Durante o almoço o restaurante fica lotado de executivos que trabalham nas redondezas, por isso a sugestão é pedir alguma das massas e risotos do menu executivo ($32), que dá direito a uma salada e sobremesa. O cubierto deve ficar em torno de ($8). O atendimento dos garçons fica um pouco a desejar, principalmente no horário de pico, contudo não dá para negar que o restaurante oferece uma excelente relação qualidade/preço; um casal gasta em média (incluindo bebidas), 100 pesos.

Av. Alicia Moreau de Justo, 1170 – Puerto Madero
Tel. 4343-0063

www.laparolaccia.com

  • Márcia Luisa Bara Maia

    As dicas desse blog são sempre sensacionais!!!! Em nossa viagem ano passado a Colômbia fomos a vários restaurantes indicados aqui e todos maravilhosos! Destaque para o Criterion! Agora em BA fomos ao Chila e foi espetacular! Ambiente, atendimento e comida maravilhosos!!!! Atualmente só trabalham com menu degustação e o preço é bem caro! 900 pesos por pessoa para 3 pratos e 1.200 para 7 pratos! Mas valeu a extravagância!!!!

  • Luciana

    Um lugar onde NÃO se deve comer em Buenos Aires é o IL GATTO, na Corrientes, perto do Obelisco. Você pede uma pizza para duas pessoas e pergunta se dá para ser de dois sabores. O garçom diz que sim, traz a pizza (que não é grande coisa) e na hora de pagar, combram de você o dobro do menu, só porque se pediu dois sabores (e, desconfio, porque se é brasileiro). Em vez de Il Gato, devia ser IL GATUNO.

  • Fabio Scotti

    Recomendo sempre estes dois restaurantes em Bue…no Palermo viejo o La Cabrera e no Puerto Madero,dique 1,Gourmet Porteno..imperdíveis !!

  • Luiz Alberto

    Pessoal do blog, ótimas dicas. Já estive no La Parolaccia, duas vezes, gostei da comida e dos preços, não tive problemas com o atendimento. Desta vez vou ao Crizia para conhecer. O Astrid Y Gastón tem recebido avaliações muito conflitantes, alguns reclamam dos preços e do atendimento, mas acho que vou também. Alguns restaurantes comentados: o Sipán (peruano), gostei muito. De Mendoza, o Azafran é excepcional. Gostaria de sugerir 3 restaurantes em Buenos Aires:
    1) Tancat – é uma tasca espanhola, na Paraguay, ótimas tapas e cozinha espanhola. Ambiente simples e pitoresco, atendimento cordial, preços excelentes.
    2) Lelé de Troya – em Palermo, numa casa centenária, ótima comida, bons vinhos, preços excelentes, ambiente bastante pitoresco.
    3) Sarkis – para quem gosta de comida árabe (na verdade é armênia, basicamente a mesma comida, com pequeníssimas diferenças em alguns temperos). Recomendo ir no almoço, à noite tem filas quilométricas (o que comprova a qualidade). Ambiente simples, atendimento regular, preços absurdamente baixos.

    • http://www.qvinho.com.br Jackson

      Oi Luiz, obrigado pelo seu comentário e pelas dicas dos 3 restaurantes de Buenos Aires. Na minha próxima viagem para lá, certamente farei uma visita.

      Abraço

  • http://www.golagelato.com.br Gelato

    ótima dica…para quem estava precisando de boas indicações logo se nota!!!

  • http://karina Karina

    Estou em Buenos Aires pela segunda vez. Recomendo um restaurante muito acessível aos bolsos e extremamente delicioso, com opções variadas. Brasas Argentinas, em Puerto Madero.

    • LUCIANO DE GODOI

      OI KARINA BOM DIA VII SEU COMENTÁRIO ACIMA,VC PODERIA ME INFORMAR QUAL O VALOR MEDIO DOS SERVIÇOS NESSE RESTAURANTE.OBRIGADO.

  • ROBERTA

    olá! como vai? Bem não sei o que fazer em BA…estamos indo comemorar 2 anos de casados e não temos nem noção do que fazer! Estamos chegando sabado as 15 horas e voltando segunda as 15:00, aonde devemos ir… queremos um final de semana, romantico, banaca e inesquecível…. aceito sugestões de roteiros, ok?

  • Claudinéa

    Fui a Buenos Aires em janeiro/2011, fiquei dois dias, mas estava num Cruzeiro. Gostei muito da cidade, fui ao Senhor Tango (um espetáculo de show), fui à tarde no El Caminito e tomei uma cervejinha ouvindo e apreciando os casais dançando tango, tomei um café no La Biela, fiz um tour pela cidade, compras nas Outlets. Fui ao jardim japonês, realmente lindo!!! Irei novamente agora em abril (Semana Santa) e gostaria de informações sobre restaurantes românticos e com um valor legal.

  • Fatima

    Adorei as dicas,na próxima viagem já terei ótimas dicas.Minha dica é na Corrientes. Depois de sair de um teatro ou querer jantar mais perto do centro.Restaurante El Gatto(tratoria) é a pedida. Em Puerto Madero, para aqueles que gostam de um “bufe americano” a preço único,com muita variedade de pratos; é Brasas Argentinas>
    Para fazer uma pausa e contemplar um belo jardim, tome um chá no Jardim Japonês,lindo!

    • Claudinéa

      Olá, Fátima! Poderia me informar em qual teatro foi? Gostou do restaurante Brasas Argentinas, fica em Puerto Madero? Fale sobre o restaurante El Gatto. Obrigada!

    • LUCIANO DE GODOI

      BOM DIA FATIMA TUDO BEM?TAVA VENDO SUA DICA DE RESTAURANTE,GOSTARIA DE SABER O PREÇO MEDIO DESSE RESTAURANTE(BRASA ARGETINA) ESTOU INDO A B.AS SEMANA QUE VEM.
      OBRIGADO.

  • http://milenatumelero@hotmail.com Milena Tumelero

    Estou indo a Buenos Aires dia 31/03/2011.Gostaria de saber se tem restaurantes que servem Cozinha Molecular. Fiquei sabendo que BA é uma referência nesse tipo de Gastronomia.Obrigada

  • Emmanuel

    Estive em Buenos Aires recentemente, 12 à 19 de março de 2011, e gostaria de colaborar com o site. Mais duas recomendações, O Sipan, na Calle Paraguay, Centro, de cozinha contemporânea peruana, excelente e o The Bringthon, na Sarmiento, cozinha internacional de 1º nível, além de ser um lugar belíssimo que nos faz lembrar do Confeitaria Colombo no RJ.

    • Claudinéa

      Olá, Emmanuel! Eu adoro a Confeitaria Colombo! Eu e meu esposo vamos a buenos aires na semana santa, você poderia nos indicar um bom restaurante para um jantar romântico? Nada de valores exorbitantes…Obrigada!

  • Ana Paula

    Estive na Argentina nos dias 7 a 13 de janeiro de 2011. Adooorei!. Em Mendoza conheci o restaurante Franscesco(recomendo muuuito, maravilhoso, o melhor que conheci por lá e a dona do restaurante, dona Maria, uma italiana é pura simpatia, vale a pena conhecer); o 1884 Francis Mallman e o Azáfran(acho que é esse o nome), são muito bons. Em Buenos Aires conheci o Crizia, o La Lilas e outros tantos que agora não me lembro os nomes. Gostei muito da viagem. Quero voltar mais vezes. O vinho da Argentina é ótimo é o preço melhor ainda. valeu a pena cada centavo investido.

  • http://www.gulab.com.br Flavia

    Nossa, me apaixonei pelo site!
    Pena que descobri este post em especial 5 meses DEPOIS de ter ido!
    Mas vou ficar fuxicando o site e quem sabe já não me animo para uma próxima viagem???

  • http://www.golagelato.com.br gelato campinas

    Ótimas dicas!

  • Leonardo

    Estive semana passada hospedado em San Telmo e fomos indicados para jantar no El Desnivel….. realmente foi uma otima dica…. recomendo este restaurante.
    Pedimos um Pollo milanesa com Papas fritas e mais duas cocas 600ml… a conta ficou em 55 pesos.. muito barato… o frango a milanesa é gigante.

  • Caio

    Tortura um estudante de gastronomia do IESB poder ver um prato desses e não participar da construção rsrs

  • Lais

    Sensacional o seu blog, adoro dicas e referencias não só no Brasil mas em outros lugares do mundo, esse intercambio, essa experiencia tem que ser ampla e é muito legal essa passagem que você faz aos que te acompanham. Vou fazer gastronomia pelo IESB em BRasíia agora e estou super empolgada, não só pelo fato da instituição dar uma super estrutura e atenção a gastronomia mas também por fazer da minha paixão um canal para se viver. Parabéns pelo blog, continue assim.

  • Aristóteles

    Listas são boas tanto para prestar infornações numa forma condensada, como para gerar discussões.

    Da lista acima, estive apenas no Astrid & Gaston, que não me encantou muito, embora tivesse um couvert excepcional e carta de vinhos excelente e com ótimos preços.

    Para mim, e com base no que conheci, o Tomo I é o melhor restaurante de Buenos Aires. Outro excelente é Nectarine.

  • Alessandra

    Jackson, cheguei ontem em Buenos Aires e não tinha nada pré-determinado. Dei um google e achei aqui. Seguimos ontem, eu e meu marido, a dica do Crizia já que estávamos cansados e em Palermo e que podíamos ir a pé (aliás ponto pra Palermo que permite esse tipo de coisa). Seguimos todas as suas dicas, inclusive sobremesa, só incluímos um risoto de mascarpone que enche a boca de água até agora. Excelente dica! Vamos seguindo as próximas conforme se encaixam nos passeios. Obrigada!

  • Teresa Casbur

    Fui a Buenos Aires no ínicio de setembro e gostaria de reforçar a indicação do restaurante El Desnivel. Bem simples, mas muito gostoso. Fui também ao Don Carlo (aquele da reportagem) e realmente é muito interessante a maneira que o proprietário serve os pratos. A cada prato trazido uma surpresa maravilhosa! O valor que pagamos foi $ 90 (pesos) por pessoa incluindo bebidas. Muito bom mesmo. Incluo ainda como dica o restaurante Estilo Campo em Puerto Madero, uma comida muito boa com um atentimento impecável e garçons divertidissimos!

  • CYNTHIA

    Jomar e Jackson,
    Parabéns pelo site, são dicas sensacionais. Irei no próximo dia 13 e, com certeza, aproveitaremos ao máximo!

  • http://www.qvinho.com.br Jackson

    Rodolfo,

    Essa é uma relação limitada de restaurantes que visitei em minhas últimas viagens. Não existe a pretensão de ser um lista completa sobre o assunto. Certamente nas próximas viagens incluirei novos nomes nessa relação.

    Cris,

    Mão de obra é um problema muito sério na maioria dos restaurantes. E, concordo com você, não existe nada mais desapontador que ser mal atendido em um lugar. Se a comida não estiver boa, pior ainda. No caso do La Parolaccia Del Mare fui duas vezes e o serviço foi razoável tendo em vista a quantidade de pessoas e a qualidade da comida foi compatível com o preço. De qualquer forma fica registrado o seu comentário, ok?

    Abraço

  • Cris

    Olá, gostaria somente de dizer que fui em Buenos Aires neste fim de semana (16/08/2010) e não indicaria para os leitores o Restaurante LA PAROLACCIA DEL MARE em puerto madero, pois fomos muito mal atendidos, o atendimento do garcom foi péssimo e levando em consideracão que nem estava cheio o local deveria ter umas 15 pessoas. O pedido que fizemos veio errado, e a comida estava fria e sem sabor, apesar de ser barato, sair quase 100 pesos para o casal, não vale o custo beneficio, pois ser mal atendido e não comer bem não vale o preco. Obrigado!

  • rodolfo

    O único pecado desta lista e não contemplar o restaurante TOMO I, tido como o melhor de Buenos Aires

  • Teresa Casbur

    O restaurante da reportagem é o Don Carlos em La Boca. Vejam os comentários no endereço: http://espaco-gourmet.blogspot.com/2008/07/don-carlos-x-la-bombonera.html

  • jose roberto a vianna

    À Daniel e Marina , o restaurante a que se referiu daniel , chama-se GUIDO.Tbm vi essa reportagem , pesquisei na net …vou para BA dia 19 , já com resrva feita para conhecer.

  • http://cozinhacapital.wordpress.com Thiago Colletes

    Jackson,

    Excelente matéria! Já fui a BsAs, mas não fui a nenhum desses restaurantes. Quando voltar pra lá, pretendo conhecer alguns desses!

    Só queria adicionar mais um, apesar de não ser necessariamente para refeições: O chá da Tarde do L’Orangerie, do Alvear, é simplesmente sensacional! Vale MUITO a pena, apesar do preço alto, é uma experiência ótima, principalmente se for realizado no jardim de inverno. Levei minha esposa de surpresa e foi um dos eventos mais memoráveis da viagem.

    Continuem com o ótimo trabalho!

  • Marina

    Olá, eu também gostaria muito de saber o nome desse restaurante citado pelo Daniel Vivas, em que o chefe escolhe oq o cliente irá comer! Vi a reportagem, mas não guardei o nome. Se alguém puder ajudar, agradeço!

    • http://www.qvinho.com.br Jackson

      Marina e Daniel,

      Não vi essa reportagem, mas será que não é o Casa Coupage? Lá eles trabalham na forma de menu degustação, harmonizado com os vinhos e preço fixo.

  • Daniel Vivas

    Boa Noite,
    Vi um programa na TV em que mostrava um restaurante em Buenos Aires na qual não se faz nenhum pedido, o proprietário escolhe o que iremos comer. Na reportagem informou que o valor é unico com vinho e sobremesa inclusa. Saberia dizer-me qual é este restaurante pois não anotei. Obrigado pela atenção.

  • Julia Sandi

    Olá Jackson,
    Estou indo para BA quarta e fiz uma lista de restaurante que gostaria de conhecer porém não tenho tempo suficiente para ir em todos. Vc poderia me sugerir os melhores da minha lista?
    Sottovoce, Crizia, La Bourgogne, Tegui e Tomo 1.
    Obrigada!

    • http://www.qvinho.com.br Jackson

      Olá Julia, desculpe o atraso da resposta. Todos os restaurante da lista são excelentes. Seria interessante escolher um dos tradicionais como o La Bourgogne ou o Tomo I, e um moderno como o Crizia. Espero que você aproveite a viagem. Abraço

  • http://www.qvinho.com.br Jackson

    Olá Arthur, realmente o Francis Mallman assina a cozinha do Patagônia Sur, mas não cheguei a conhecer a casa, por isso não posso informá-lo se vale a pena ou não. O que posso afirmar sem erro é que o restaurante dele em Mendoza o 1884 Francis Mallman é excelente! Os pratos são deliciosos e valem cada centavo:

    http://www.qvinho.com.br/gastronomia/restaurante-1884-francis-mallmann/

    Quanto ao Patagônia Sur, vou ficar te devendo.

    Abraço

  • arthur

    Você pode falar desse restaurante Patagonia Sur? O Chef Francis Mallman, que me parece é quem assina o restaurante, é uma profissional que parece de muita qualidade. Não o conheço, mas você poderia dar referências com relação à este restaurante?
    Obrigado.

  • Tania Pinto Bravo

    Estarei em Buenos Aires no proximo dia 10 de junho.Há dois anos ,quando fui ,os restaurantes SUCRE e CLUNY,eram bem recomendados.ainda saõ?Além desses que foram recomendados no site,que outros poderemos conhecer?Que ofereça bom custo /beneficio ,ambiente agradável.
    Agradeço ,se puder responder

  • Pingback: Vosso blog de comida » Buenos Aires III - Bem Paraná

  • Carlos Machado

    Confesso que encontrei muitas referências sobre “onde comer bem em BsAs”; mas ainda sinto falta de uma relação de lugares de bom (ou excelente) custo/benefício. Comer muito bem em BsAs não é algo tão complicado, mas também temos a expectativa por pagar “pouco” (ou menos do que se paga no eixo SP-RJ). Poderia apontar as “pechinchas” de BsAs ? Desde logo agradeço. Abraços.

    • http://www.qvinho.com.br Jackson

      Carlos, que ótimo que o post “Comer bem em BsAs” tenha ajudado com algumas referências. Tenho consciência que ele ainda está longe de cobrir o segmento dos locais com melhor custo/benefício. Mas dentro do material que eu já tinha consolidado em minhas viagens essas informações eram as mais atualizadas e confiáveis. De que adianta elencar uma série de outros nomes onde meu contato foi muito superficial ou há muitos anos? Sinceramente prefiro recomendar restaurantes onde eu tenha tido uma experiência recente e positiva. Em breve quando consolidar mais alguns nomes de restaurantes publico um novo post sobre o assunto.

      Forte abraço!

  • Carlos

    Estive em abril passado em B.A. Almocei no L’Orangerie do Alvear. Paguei 180 pesos e foi uma almoço inesquecivel. Comida e serviço excepcionais.

  • Dalmacio Madruga

    Ótimas as dicas. É sempre interessante a informação de restaurantes feita por quem não tem interesses outros… Os guias, muitas vezes, indicam verdadeiras roubadas. Para complementar eu agendaria a Casa Cruz e o Gioia (Hyatt Palacio Duhau). Verdadeiras odes à gastronomia em terras portenhas.

  • Suzane

    Conheci apenas o La Bourgone, no Hotel Alvear, mas suponho que seja realmente um dos mais belos e acolhedores ambientes da cidade. O almoço é bem atrativo e o ambiente, por si só, já satisfaz. Vale muito a pena, embora o preço seja bem elevado.

  • Fabricio

    Jackson

    Ótimas dicas, estarei indo para BA em Julho e é exatamente o que eu estava procurando.

    Fabricio

  • Kelly Thomé

    Olá Jomar,
    Adorei as dicas de restaurantes, estamos indo para Buenos Aires este mês, depois eu conto a experiência.
    Parabéns pelo site!!!
    Kelly

  • Rodrigo Almeida

    Olá Jackson, vc pode me informar se os preços estão definidos em Pesos Argentinos??

    • http://www.qvinho.com.br Jackson

      Sim Rodrigo, todos os preços relacionados estão em pesos argentinos.

      Abraço

      • Uchôa

        Olá Jackson, eu sou Sommelier e morei alguns anos tanto no Chile como na Argentina, e digo que melhor sugestões como as suas não tem, vc. foi perfeito e sempre digo para te visitarem qdo. alguém quer ir fazer uma “Viagem Enogastronômica”. Parabéns!!!