Receita: Arroz negro com camarão e tilápia

Arroz negro com camarão e tilápia

Adoro navegar pela internet em busca de novas receitas e, nesses momentos de divagação, eventualmente passeio por blogs conhecidos. Esse é o caso dessa receita, inspirada no post do Anacreon para um prato com arroz negro, lulas e camarões. Não mudei muita coisa, na realidade acrescentei o peixe e algumas firulinhas adicionais. Virei fã do arroz negro, não aquele tingido pela tinta de lula, mas sim o natural que é riquíssimo em polifenóis, daí a sua cor violeta quase negra. A minha receita, além de camarões e lulas, também emprega vongole fresco (conhecido por aqui como berbigão). Você pode até deixar de lado esse pequeno molusco, mas garanto que o seu saboroso caldo só enriquecerá o prato. Não existem muitas marcas de arroz negro no mercado, muito embora nem precise, afinal a nacional La Cumparsita é excelente e não custa muito.

Receita e ingredientes para o arroz negro (2 porções):

  • 300g de Arroz negro La Cumparsita;
  • 250g de camarões médios limpos;
  • 2 filés de Tilápia;
  • Camarões grandes na casca a gosto;
  • 300g de vongole na concha;
  • 250g de lulas em anéis;
  • 1 cebola;
  • Salsinha a gosto;
  • Manteiga a gosto;
  • Sal a gosto.

Preparo:

Inicie o preparo cozinhando os camarões em 500ml água e sal. Quando adquirirem aquela cor rosada característica, retire da água e reserve. Na mesma panela cozinhe os anéis de lula por alguns minutos e reserve. Deixe a água na panela, pois ela servirá de caldo para cozinhar o arroz. Em outra panela refogue um dente de alho picado com um pouco de azeite, em seguida adicione um copo de vinho branco e cozinhe os vongoles (veja aqui como prepará-los) em panela fechada até abrirem (por volta de 4 minutos). Uma vez abertos, desligue o fogo e reserve. Para preparar o arroz, refogue a cebola picada com azeite até murchar, nesse ponto adicione o arroz e frite rapidamente. Na sequencia adicione umas duas conchas do caldo do camarão para o arroz cozinhar. Deixe cozinhar em panela fechada por mais ou menos 30 minutos, mexendo eventualmente e adicionando mais caldo para não secar. Enquanto o arroz cozinha, frite os filets de tilápia em uma frigideira com um pouco de azeite. Aproveite também para cozinhar os camarões grandes com casca na mesma panela do caldo. Antes de terminar o cozimento do arroz coloque o caldo do vongole para dar um sabor especial. Lembre-se que o arroz deve ficar al dente, por isso não cozinhe demais. Depois de pronto, incorpore ao arroz os camarões, as lulas e as conchas com vongole, mexa bem e adicione um pouco de manteiga para dar uma cremosidade. Sirva com os camarões, o filet de tilápia e salsinha finamente picada por cima.

Vinho Recomendado: Casillero del Diablo Chardonnay

Casillero del Diablo Chardonnay Para acompanhar esse arroz pensei logo em um chardonnay modernoso, afinal não é um arroz qualquer, possui muitos polifenóis e sabores ricos do mar. Queria um chardonnay encorpado, mas como não tinha nenhum por perto, não exitei em abrir esse Casillero para ver como estava. Trata-se de um chardonnay básico, mas bem feito, produzido com uvas do Vale de Casablanca pela maior vinícola da América do Sul. Combinou legal com o prato, apesar de um pouco leve demais. No copo bons aromas de futas tropicais maduras, sem excesso de madeira e exibindo ótimo equilíbrio. Nada mal para um vinho abaixo de R$35!

Grad. Alcoólica: 13,5%
Preço: R$33

  • Paulo Rocha

    uma delicia uma tentação parabéns

  • Pingback: Arozz negro |

  • http://consultoriatech.comm Helder

    Maravilhoso…combinação quase perfeita…afinal partindo do principio que nada é perfeito..rs

  • Henrique

    Seria interessante haver uma versão para impressão, sem as imagens, apenas a receita.

  • http://golagelato.com.br/sorveteria-sorvete-italiano-sobremesas-geladas-sorvete-gelato.php sobremesas de sorvete

    Sensacional!!!! Dá água na boca só de pensar no sabor!

  • ELMO

    Jomar, eu sei que vc é bom de fotografia então vou dar um desconto no painel que o prato virou… rsss. Brincadeiras à parte, excelente idéia, dar uma pesada no prato com o arroz e fazer um paradoxo (uou), com a tilápia… gostei da sugestão.

  • Eloise

    Este arroz ficou ótimo!