Receita: Papardelle ao Alho-Poró (Papardelle ai Porri)

Prato de papardelle ao alho-poró (Papardelle ai Porri)

Para escrever a receita desta semana fui buscar inspiração num prato que provei pela primeira vez num restaurante na Comune Di La Morra, na Langhe: Papardelli ai Porri. Posso dizer que foi paixão a primeira garfada. Desde então, apropriei-me dessa receita piemontesa, e com uma boa freqüência, tenho saboreado pastas com esse molho. Admito, porém, que o consumo só não é maior face ao elevado índice de gordura dado por um nobre ingrediente dessa receita: a nata. De fato, o creme de leite fresco é um ingrediente recorrente na culinária do norte da Itália e, em especial, no Piemonte. Digamos que essa região não seja das mais indicadas, pelo menos em termos gastronômicos, para quem tem o colesterol alto. Nesses casos a saudável gastronomia mediterrânea de Nápoles, Taormina e Siracusa é mais recomendada.

Como muita gente já percebeu os italianos criam consórcios e associações para proteger quase todo tipo de produto: vinho, queijo, presunto, arroz e alho-poró. Sim, alho-poró! O Consorzio per la valorizzazione e tutela del porro Cervere foi criado em 1996 exatamente para defender o que os italianos consideram o melhor alho-poró do mundo (pouco modestos, não?). Tenro com sabor suave, levemente adocicado, o Porro Cervere é um dos protagonistas da culinária da província de Cuneo e região. Apesar de ser um parente próximo do alho e da cebola, o sabor do alho-poró é muito diferente desses dois primeiros.

Alguns estudiosos sustentam que a sua origem seria céltica, outros embasados em inscrições do Egito antigo, afirmam que os escravos já faziam uso dessa planta. Com o passar dos séculos seu cultivo e consumo foi transmitido por meio da civilização greco-romana, conforme inúmeros relatos de autores da época. Na Idade Média o alho-poró fez parte de um restrito grupo de alimentos que contribuíram para resolver o problema da fome durante o período da peste negra.

O alho-poró, também conhecido como alho-francês, é um alimento pouco calórico, sem gordura, com pouquíssimo açúcar e razoavelmente rico em vitaminas C, PP, A, B, B2 e ferro. Ou seja, não faltam bons motivos para consumir mais alho-poró, seja em molhos, sopas, pizzas etc.

Costumo compra-los no Mercado Municipal de Curitiba, onde os produtos quase sempre são frescos e o preço é justo (em média R$1 por talo). Já vi preços em certos supermercados que são de assustar. Algo como uma bandeja com três talos miúdos de alho-poró custando absurdos R$ 9!

Receita e ingredientes para Papardelle ai Porri (4 pessoas):

  • 6 talos de alho-poró;
  • 500g de Papardelle (pasta um pouco mais larga que o tagliatelle);
  • 600g de creme de leite fresco (nata);
  • 1/2 xícara de caldo de carne;
  • 2 colheres de Azeite extra virgem;
  • Sal;
  • Pimenta-do-reino;
  • Queijo Parmigiano.

Preparo:

Para fazer o molho é muito simples. Primeiramente corte os talos do alho-poró em rodelas não muito grossas, priorizando a parte mais branca (de sabor mais suave). Numa panela juntamente com o azeite extra virgem deixe o alho-poró dar uma leve dourada e aos poucos comece a adicionar o caldo de carne. Depois de cozinhar por uns 6 ou 8 minutos, adicione a nata, o sal e a pimenta-do-reino a gosto. Junte o molho a massa cozida “al dente”, rale um pouco de Parmigiano e está pronto para servir. Um prato vergonhosamente simples de fazer, porém estupidamente delicioso.

Vinho recomendado: tinto frutado de corpo leve, como o Loios da João Portugal Ramos

Em terras piemontesas acompanhei esse prato com um Giovanni Rosso Dolcetto d’Alba “Le Quattro Vigne” (sem representante no Brasil). De todo modo, como estamos no Brasil, nada impede que façamos uma opção por rótulos mais acessíveis. O Regional Alentejano Loios da João Portugal Ramos (R$29 – Porto a Porto) pode ser uma excelente combinação. Um vinho feito a partir de um blend das uvas Castelão, Aragonês e Trincadeira, ideal para ser bebido jovem. Aroma de frutas vermelhas de boa intensidade; na boca é marcado por taninos suaves e equilibrados, muito fácil de beber. Ainda sim, se a intenção for beber um vinho italiano, sugiro um Vietti Dolcetto D´Alba Trevigne (R$65 – Mistral).

  • Fernando

    Delicia

  • Pedro Jr.

    tenho um restaurante em S. catarina (mafra) e gostaria de combinar com este prato algum vinho argentino,qual vc indica Jackson? tenho em minha carta de vinhos : dv catena, angelica zapatta, luigi bosca, norton, trapiche, callia alta,callia magna,gran callia,santa julia,concha y toro,E quando Passar por aqui procure o restaurante DOM PEDRO, tenho certeza que não vai se arrepender!!

  • http://pimentacalabresa.wordpress.com Fernanda

    Conheci o blog agora, através do Curitiblogs. Achei ótimo! Certamente vou fazer essa receita, adoro nata, adoro alho poró.

  • Pingback: Receita: Lasanha à Bolonhesa

  • http://www.qvinho.com.br Jackson

    Heloisa, ficamos felizes quando os leitores executam nossas receitas e tudo dá certo. Também adoro o sabor desse prato, difícil enjoar. O problema é que não dá para comer muito senão colesterol vai parar no espaço.

    Valeu a sua dica de onde comprar o alho-poró, qualquer hora dessas vou experimentar passar lá.

    Abraço

  • Heloisa Fernandes Marques

    Estava procurando uma receita com alho-poró, experimentei a sua e ficou deliciosa, obrigada, com um sabor leve e suave, realçado pela indicação do vinho. Quanto a lugares para se comprar alho-poró, todas às quartas-feiras, ao lado da prefeitura de Curitiba, vendem o produto orgânico a um preço ainda mais acessível do que o encontrado no Mercado Municipal.

    Abraços

  • http://www.qvinho.com.br Jackson

    Prezada Afra, fico feliz que você tenha feito e gostado da nossa receita. Além de deliciosa é muito fácil de preparar. Vou procurar o Rapariga da Quinta por aqui.

    Abraço

  • AFRA DE PAIVA S. SOARES

    Adoro cozinhar, Fiz esta receita e ficou maravilhosa. Tomamos o vinho Rapariga da Quinta, vinho portugues que no Nordeste é representado por Licinio Dias.
    Obrigada.
    Afra Soares

    • Fa

      Que chic! Que bom cozinhar e uma das maravilhas para quem gosta de comer bem.

  • mara

    estou tomando cha de alho poro paraemagecer e colesterol sera bom

    obrigado mara

  • Pingback: Blog Day 2008 » LumaKimura.net [ Blog ]

  • David

    Onde encontro creme de leite fresco?

  • Thomas Gabriel

    Também adoro Alho-Póro, nessa pasta então deve ficar muito saboroso mesmo. Já utilizei esse ingrediente em várias receitas e sempre obtive bons resultados.

  • Ricardo

    O Papardelle ai Porri é um prato muito saboroso. Aliás, a culinária italiana no meu entender é a melhor do mundo.

  • http://elvirabistrot.blogspot.com/ Elvira

    Uma delícia, essa receita de pasta! :-)