Grand Callia 2004 – Reserva del Enólogo

Grand Callia 2004 - Vinho argentino da província de San Juan

Depois de provarmos o Callia Alta Shiraz-Cabernet, ano passado, tivemos um expressivo número de leitores que solicitaram maiores informações sobre o vinho premium dessa bodega, o Grand Callia – Reserva del Enólogo. Talvez pela boa imagem e pela repercussão alcançada em avaliações no site do Robert Parker (o Grand Callia 2004 foi agraciado com 95 pontos). Essa popularidade, ou porque não dizer curiosidade, aparece em nossas estatísticas. Todos os dias são relatadas buscas e e-mails envolvendo o Grand Callia. Mas, como diz o ditado: a gente tarda mas não falha. Para os fãs dessa bodega, aí vai o Grand Callia!

Vale destacar, para quem não está familiarizado com o mapa vitivinícola argentino, que a Callia está na quente e seca província de San Juan (um pouco acima de Mendoza). E exatamente para se beneficiar de toda essa aridez – assim como acontece na Austrália – a Callia aposta suas fichas na Syrah. Tanto que a filosofia da empresa é fazer o melhor Syrah da Argentina. Para contribuir nessa empreitada, a Callia conta com o enólogo Oscar Biondolillo, um apaixonado por esta cepa de personalidade que conquistou o mundo pelas mãos dos australianos e que reina absoluta no norte do Vale do Rhône.

Está certo que o Grand Callia é um corte que leva quatro uvas (40% Syrah, 20% Malbec, 20% Merlot e 20% Tannat), contudo a Syrah dá um toque todo especial nesse vinho. As uvas são provenientes de vinhedos próprios que totalizam 241ha, localizados em diferentes regiões, sendo a Syrah proveniente do Valle de Tulum, a Malbec e a Merlot do Valle de Pedernal e a Tannat do Valle de Zonda. O vinho estagiou por 18 meses em barricas novas de carvalho francês e americano, com produção limitada de 19.800 garrafas. Por sinal uma bela garrafa. Apresso-me porém em esclarecer: não julgues um vinho apenas pelo seu rótulo e tamanho da garrafa. Aqui, no caso, a imponente garrafa faz justiça a qualidade do vinho. O Grand Callia 2004 exibiu uma cor púrpura com leve transparência, deixando a taça repleta de lágrimas untuosas e pouco tingidas. Ao nariz, o bouquet é intenso e ligeiramente condimentado, sem aquele toque doce exagerado comum em alguns Shiraz australianos e nas linhas mais básicas dessa bodega. O leque de perfumes contempla frutas negras maduras, algumas notas tostadas de coco e especiarias. Na boca é caloroso em álcool, mas ao mesmo tempo equilibrado por seus taninos aveludados e pela sua boa acidez. O fim-de-boca é muito persistente e frutado, embora não seja muito seco. Um vinho delicioso que pode aguentar bem mais alguns anos.

Excelente

A bodega Callia acertou a mão ao fazer um vinho potente, porém mantendo uma certa classe, sem exagerar na maturação das uvas. Excelente companhania para um churrasco.

Grad. Alcoólica: 14,5%
Preço: R$ 132
Importadora: Decanter

  • MARIA DE LOURDES CEZAR

    COMPREI 50GARRAFAS DESSE VINHO GRAN CALIA RESERVA DO ENOLOGO ,NAO ME ARREPENDI , EU AMOOOOOOOOOOOO DEMAIS ESSE VINHO ,GOSTARIA DE SABER DAS NOVIDADES DESSA MARAVILHOSA VINICOLA ABRACOS ……………..

  • Pingback: Lista dos Top 10 Melhores Vinhos de 2008

  • armando

    Este vinho é interessante para quem gosta de bebericar enquanto prepara um churrasco.É um vinho aveludado, que não agride o estomago antes de comer, provavelmente por não conter a uva cabernet sauvignom.
    É um vinho maravilhoso, pena custar tão caro no Brasil.Paguei o equivalente a R$ 60,00 numa vinoteca em Mendoza em setembro 2007

  • Ricardo

    Tomei alguns meses atrás uma garrafa do Gran Callia 2004 e só tenho elogios a fazer. Sem dúvida valeu o dinheiro que foi gasto. Depois tem gente que critica as notas do Parker, achei bem dado os 95 pontos para esse vinho.

  • http://kafkanapraia.blogspot.com karen

    É mesmo um ótimo vinho! Há algum tempo atrás a Estação do Vinho fez uma promoção e compramos algumas garrafas para ficarem bem guardadas…
    Cheers!

  • Lorena

    Realmente, garrafa e rótulo não dizem muito. Prefiro as dicas do Qvinho.