Navarro Correas Bonarda 2005

Navarro Correas Bonarda 2005 - Vinho argentino da região de MendozaMuitos empresários do mundo do vinho já perceberam: bons produtos, focados apenas em diferenciais tangíveis, já não bastam para sustentar um negócio. Ora, a conclusão parece óbvia, no entanto, hoje muitos produtores parecem viver no tempo de seus avós. Acontece, porém, que os tempos são outros. A abertura dos mercados inundou as prateleiras de produtos das mais diversas nacionalidades e deixou a competição mais acirrada. A França, por exemplo, teve que melhorar muito a qualidade de seus produtos. Bom para nós consumidores que podemos contar com muito mais opções de vinhos de qualidade, e por outro lado, muito trabalho para as cabeças que pensam o marketing no business do vinho. Temos mostrado aqui no QVinho iniciativas ousadas de marcas que vêm apostando na emoção como forma de ganhar a atenção e o coração dos consumidores (veja o comercial da Freixenet). E não há nada melhor que uma bela publicidade para ressaltar as qualidades dos produtos e envolver os potenciais consumidores. Eu disse ressaltar as qualidades, agora se o produto é ruim, esqueça a publicidade. No máximo ela terá a capacidade de enterrar com mais rapidez o produto.

Esses dias revendo alguns materiais selecionei o comercial produzido pela agência portenha Santo, para a Bodega Navarro Correas. Com o título “Round Red River”, o spot P&B com estilo de época, brinca em seu enredo com a fala dos “Rs”. Quem não conhece aquela do “rato roeu a roupa da rainha de Roma…” É mais ou menos por aí. O slogan encerra com a pergunta: “How many R’s does your wine have?” Bem executado e original. A história de utilizar os “Rs” do nome da vinícola foi uma boa sacada criativa. Vale a pena conferir!

[youtube _jqrbuNF29M]

Já que o assunto é Navarro Correas, por que não provar um deles? Nada mais justo. Até para comprovar se o produto está à altura da publicidade. O vinho escolhido foi um Colección Privada Bonarda 2005. Essa série tem os rótulos com obras de artistas argentinos (já degustamos um rosado). De modo geral os vinhos da linha Colección Privada são bem honestos, as vezes possuem um toque de carvalho pronunciado demais, porém dificilmente decepcionam. Esse Bonarda revelou uma cor púrpura, halo violáceo e uma leve transparência. O nariz não chega a ser dos mais intensos, porém é bem frutado. Em destaque aromas de framboesas, amoras e baunilha, envolvidas por um sutil toque tostado. Na boca esse jovem bonarda apresentou uma estrutura mediana, taninos um pouco ásperos e uma acidez vibrante. O fim de boca é seco e saboroso, com o álcool bem dosado; só deixou a desejar em persistência.

Muito Bom

Boa opção para quem quiser provar um Bonarda argentino. Um vinho jovem e vivaz que pode acompanhar bem a gastronomia.

Grad. Alcoólica: 13%
Preço: R$ 35
Importadora: Diageo

  • joao ferreira neto

    Gostei muito desse Navarro Correas Bornada 2005, sensação amarga final da boca com extrutura mediana e com acidez vibrante

    Joao Neto

  • http://www.qvinho.com.br Jomar

    Marcos, acesse o site da Navarro Correas e agende a sua visita.

    http://www.ncorreas.com

  • marcos

    Estarei em Mendoza na segunda -feira como devo fazer para conhecer sua Bodega?
    Obrigado
    Marcos Cavaloti.

  • franklin

    Não sei se vocês perceberam mas essas marcas que hoje estão investindo pesado no marketing pertecem a grupos internacionais (LVMH, Pernod Ricard, Diageo, Soagrape, etc).

  • http://blog.manalais.com.br Jemon

    As grandes vinícolas americanas, em especial, as do Napa Valley já investem na construção de imagem faz tempo. Basta olhar os rótulos maravilhosos de suas garrafas. Os americanos, sabem como ninguém, que é preciso explorar a estética e investir na criação de emoções. Não importa o tipo de produto, o consumidor toma suas decisões de compra emocionalmente. Com o vinho não poderia ser diferente, aliás, nesse universo fica até mais fácil construir poderosos vínculos emocionais com os consumidores, pois o mundo do vinho permite que as agências de comunicação façam uso do mistério e da sensualidade, dois ingredientes poderosos na arte de seduzir o ser humano.

  • Ana Letícia

    Legal!!! Até um setor tradicionalmente conservador como o de vinhos esta descobrindo o poder da criatividade. É isso ai!!!