O. Fournier Alfa Crux 2002

Vinho tinto argentino O. Fournier Alfa Crux 2002Quem acompanha o QVinho já deve ter percebido que costumo criticar alguns vinhos modernos, excessivamente marcados pelo carvalho, que acabam adquirindo uma personalidade débil, apenas exibindo a força da madeira. Não consigo gostar desses líquidos alcoólicos sabor carvalho, porém eles fazem muito sucesso mundo afora. Geralmente o toque do carvalho é agradável, mas o exagero torna o vinho enjoativo, além de corromper seu caráter original. O carvalho é como tempero, bem usado valoriza o alimento, mas quando é empregado para suprimir a falta de sabor de um prato, todos conhecem o resultado. É necessário explicar esses detalhes para apresentar o Alfa Crux, um vinho moderno e internacional, produto de um meticuloso trabalho de winemaker, porém aqui o carvalho foi brilhantemente empregado, uma tradição dos melhores vinhos de Ribera Del Duero, agora presente na Argentina. Produzido pela bodega O. Fournier, um dos grandes nomes em Ribera Del Duero, que investiu pesado em suas instalações cinematográficas no Valle de Uco, Mendoza. O Alfa Crux 2002 é um dos ícones do momento, em seu repertório de críticas, podemos destacar os 93 pontos da revista Wine Spectator, que o indicou entre os 100 melhores vinhos do ano em 2006, além da revista inglesa Decanter, que elegeu o Alfa Crux como “o melhor tinto do novo mundo”. Não costumo ficar impressionado com críticas assim, essas revistas escrevem verdadeiros devaneios, o melhor mesmo é provar. O Alfa Crux 2002 é um corte de 60% Tempranillo, 35% Malbec e 5% Merlot, provenientes de três vinhedos distintos, uma típica escolha de winemaker, buscando a máxima expressão de diferentes terrenos. Apresentou bela cor rubi escura, deixando revelar uma pequena transparência, com lágrimas lentas e finas. Aroma intenso de frutas vermelhas maduras, mostrando boa complexidade, com notas de couro, especiarias, violetas e um bom fundo de carvalho doce. Encorpado e potente, com taninos superfinos, excelente acidez e textura sedosa. Final de boca longo e persistente. O Alfa Crux 2002 não decepcionou, deixando claro o esmero da O.Founier em produzir um vinho de muita qualidade, com as melhores características do novo mundo, porém com uma elegância encontrada somente nos melhores solos europeus. A O.Fournier fez um belo trabalho na safra 2002, que já está perfeita agora, mas ainda pode evoluir.

Excepcional
Potência e maciez surpreendentes! Esse vinho delicioso consegue ser forte, mas com uma delicadeza muito feminina, mostrando um equilíbrio comparável aos grandes vinhos europeus.
Grad. Alcoólica: 14,5%
Preço: R$160
Importadora: Vinci

  • Pingback: Restaurante Urban - O.Fournier

  • Pingback: Bodegas y Viñedos O.Fournier

  • http://www.vale.com Alberto Barrios

    José Manuel,
    Tuve la oportunidad de visitar la bodega OFurnier en al Valle de Uco el año pasado y vi in loco se el cuidado y el esmero colocados en la produccón de cada vino de la bodega.
    Conoci el Alfa Crux allá y es realmente FABULOSO, EXCEPCIONAL !
    Quien aprecia vinos de estirpe seguramente no deben dejar de conocer la familia Crux (me acuerdo siempre de la luz de la cruz de vidrio en la bodega, tengo unas fotos fabulosas del local!)
    Soy argentino viviendo en Rio desde la decada del 80.

    Parabéns e que continue essa trilha de sucessos !

    Desde Rio de Janeiro
    Alberto Barrios

  • Pingback: Salentein Malbec Roble 2003 | QVinho - Blog de vinhos, gastronomia e espresso

  • Pingback: Bodegas y Viñedos O.Fournier » at QVinho - Vinhos e Gastronomia

  • Ricardo

    Ao que tudo indica, as bodegas boutique, como é o caso da O. Fournier, ainda vão dar muito o que falar

  • Eloise

    Não sei nem como expressar minha opinião sobre “O. Founier Alfa Crux 2002″. Um vinho perfeito, simplesmente MARAVILHOSO!

  • Hamilton

    Apesar de não ser um vinho barato, ainda assim é muito menos que boa parte dos vinhos europeus de qualidade ou mesmo que os tops chilenos como Don Melchor e Almaviva. Já provei esse vinho e concordo com os comentários.

  • http://guimarob.wordpress.com Roberson

    Esse vinho é resultado de um grande trabalho da OFournier. É interessante observar como o corte Tempranillo-Malbec-Merlot comportou-se com extrema elegância. É encorpado sem pesar e o álcool está na medida. E como você lembra não se trata de um suco de carvalho.
    Grande pedida. Pena que não dá pra bebê-lo todo dia ($$).

  • jose manuel ortega fournier

    Muy obrigado de los cometarios. Excusas por no poder escribirlos en portugues. Es un placer leer los cometarios porque entendio perfectamente el vino y la filosofia de o fournier. Muchas gracias de nuevo.