Ruca Malen Malbec 2004

Vinho Ruca Malen Malbec 2004Bodega mendocina relativamente nova, fundada em 1998 pelos sócios Jean Pierre Thibaud (ex-presidente da Bodegas Chandon Argentina) e, pelo também francês, Jacques Louis de Montalembert. Sua localização é privilegiada, situada na Ruta N.7 (que dá acesso à Santiago), em Agrelo, Lujan de Cuyo, a bodega conta com um wine bar e um restaurante perfeitos para contemplar a maravilhosa vista para os Andes. Infelizmente, quando estive em Mendoza, passei rapidamente por lá, e não tive tempo para fazer uma visita. Em futuras incursões por terras argentinas, essa bodega deve fazer parte do meu roteiro.

Sob responsabilidade do enólogo Pablo Cuneo são produzidas três linhas de vinhos, com distintas segmentações de preço (Yauquén, Ruca Malén e Kinién). O vinho que provamos está num posicionamento intermediário, logo abaixo do Kinién. O Ruca Malen é produzido, predominantemente, a partir de uvas Malbec (87%), porém leva ainda 9% de Cabernet Sauvignon e 4% de Tempranillo, sendo essas últimas provenientes de vinhedos localizados em La Consulta (Valle de Uco). Esse vinho mostrou uma cor rubi profunda com reflexos violáceos e leve transparência. Nariz frutado intenso e persistente, lembrando frutas vermelhas maduras como ameixas, cerejas e passas. E como não poderia ser diferente para um vinho “internacional”, o indefectível toque adocicado de baunilha, fruto dos 12 meses de amadurecimento em barricas de carvalho francês (80%) e americano (20%). Na boca é untuoso, encorpado, com taninos macios e acidez agradável. Fim de boca longo e frutuoso, se bem que os 15% de álcool tenham prejudicado um pouco o equilíbrio do vinho.

Muito Bom
Típico vinho moderno, daqueles que agradam 8 em cada 10 pessoas. Bouquet frutado intenso, boa estrutura marcada por taninos redondos e untuosos. Casa bem com uma carne vermelha grelhada.
Grad. Alcoólica: 15%
Preço: R$58
Importadora: Leblon Import

  • Diogo Silveira

    Consegui a última garrafa da uma adega chamada Bordeaux, que fica na cidade de petrópolis, rio de janeiro. Porém, nesta faixa de preço, acredito que o Catena Malbec 2007 seja muito superior ao Ruca Malen.

  • Pingback: Septimo Dia Malbec 2005

  • Aldo Lobo

    Olá amigos!

    Acompanho com frequência o blog e gosto muito das avaliações, inclusive já comprei alguns vinhos sob indicação de vcs e tive uma impressão bastante parecida com as indicadas por vocês… Sobre o Ruca Malen, comprei recentemente em uma adega de um amigo aqui em Curitiba em uma superpromoção por R$ 24,90, trata-se de um Cab. Sauv. safra 2003, e por serem as últimas garrafas, ele resolveu vender pela metade do preço… ainda não o degustei, mas devo fazê-lo em breve, pois imagino que por se tratar de uma safra antiga, não deve aguentar ainda muito tempo… depois que vi os comentários vou lá hoje comprar a outra garrafa, pois pelo visto vale a pena, ainda mais por esse preço.

    Abraço a todos e saúde!!

    Aldo Lobo – CTBA, PR

  • Mark

    I visited and had a delicious gourmet lunch at Ruca Malen during my last visit to Mendoza. They prepare a 5 steps meal pairing with their lines of wines, including their top wine KINIEN. Highly Recommended a visit during your wine tour in Mendoza.

  • João Luiz Zambello Santos

    Estarei em Buenos Aires na proxima semana e gostaria de saber onde encontrar este vinho.

    Grato.

  • http://www.qvinho.com.br Jackson

    Olha Christian, sinceramente não sei onde você pode encontrar em sampa. Comprei essa garrafa em Buenos Aires, mas se não estou enganado já vi por aqui. Acontece que o trabalho de distribuição e divulgação de algumas importadoras é quase nulo. Talvez seja o caso do Ruca Malen. Resultado: não encontramos os vinhos.

  • christian sendelbach

    conheci o ruca malen na argentina. achei fantastico! procuro ponto de venda em são paulo, sou consumidor.
    grato

  • Pingback: Septimo Dia Malbec 2005 | QVinho - Blog de vinhos, gastronomia e espresso