Salentein Malbec Roble 2003

Bodegas Salentein Malbec Roble 2003Uma grande besteira, mas muita gente ainda acredita nisso, dizer que vinho, quanto mais velho melhor. Nada mais equivocado. A maioria dos vinhos atuais já estão “prontos” quando chegam ao mercado, porém, os melhores tintos ficam mais educados e elegantes com alguns anos na garrafa. Aqui no QVinho temos alguns exemplos disso, como Marcus Gran Reserva Cabernet Franc 2001 e o Alfa Crux 2002, que estavam perfeitos agora, depois de 5 ou 6 anos de envelhecimento em garrafa, e certamente, podem esperar ainda mais tempo. O Salentein Malbec Roble também melhora com alguns anos, amaciando sua potente estrutura fenólica e revelando mais sutileza. Só não espere uma evolução para aromas terciários. Apresentou cor rubi escura, com leve transparência e sem traços evidentes de evolução. Nariz frutado, lembrando ameixas e cerejas, com algumas notas florais e um fundo de baunilha. Bom corpo, com taninos maduros e acidez agradável. Final frutado com boa persistência. O Salentein Malbec Roble 2003 mostrou uma elegância que não existia há 2 anos, muito embora não tenha superado o excelente Terrazas de los Andes Reserva 2003. A nossa idéia era degustar o Salentein Malbec Roble 2003 juntamente com o Punto Final Malbec 2003, da Bodegas Renacer, mas infelizmente a nossa garrafa veio premiada, o vinho estava excessivamente oxidado.

Muito Bom
Apresenta a paleta aromática típica da Malbec do Valle de Uco, uma agradável mistura de ameixas maduras e flores. Esse vinho costuma ser potente e bem marcado pelo álcool.
Grad. Alcoólica: 14,5%
Preço: R$ 70
Importadora: Wine House