Melhores Porto Vintage 2007

Sempre acreditei e continuo acreditando que o bom vinho é aquele que encanta e dá prazer na taça, independentemente de rótulos, preços ou críticas. Por isso, nada melhor que uma prova às cegas para colocar todos os vinhos no mesmo patamar. A partir de uma análise subjetiva cada pessoa julgará o que mais lhe agradou. Foi exatamente isso que aconteceu na semana passada (dia 07/12) quando participamos do evento promovido pelo IVDP e o Solar do Vinho do Porto, no restaurante Terra Madre, em Curitiba, que envolveu a degustação às cegas de 27 Portos Vintage 2007. Claro, grandes baterias como essa nunca são fáceis. Em se tratando de jovens Portos Vintage, o desafio é ainda maior.

Porto Vintage 2003? Esqueça. A blockbuster safra 2003 ficou para atrás em comparação a 2007. Mais fresca, a safra de 2007 conseguiu produzir vinhos elegantes, ricos em fruta fresca e taninos muito finos. Claro, tudo é uma questão de estilo, mas se você pensa em comprar um bom Porto Vintage, seja para consumo imediato ou para guardar por 15 ou 20 anos, invista em algumas garrafas da clássica safra 2007. E não se enganem, apesar de toda a delicadeza, os Vintage 2007 possuem uma excepcional capacidade de guarda.

A lista abaixo reflete as minhas primeiras impressões, bem como as do Jomar, extraídas durante a prova às cegas. A maioria das amostras foram de altíssima qualidade, o que deixou a classificação apertada. Pequenos detalhes fizeram a diferença. Como o nível foi elevado, não significa dizer que uma amostra classificada em nossa lista nas últimas posições seja inferior. Longe disso. De modo geral os Vintage 2007 revelaram uma boa aptidão para consumo enquanto jovens. Esse estilo de Porto mais leve e acessível pode ser percebido principalmente nos rótulos da Symington como o Warre´s, o Graham´s, o Dow´s e o Quinta de Vesúvio (sendo este último o mais encorpado). Outros, porém, parecem adotar uma linha mais conservadora, com vinhos mais concentrados e austeros, mas nem por isso imbebíveis. Nesse painel somente dois vinhos ficaram abaixo da média por mostrarem algum tipo de problema (leve oxidação): Dalva e Quinta das Tecedeiras.

Vinhos em ordem de pontuação:

1. Quinta do Noval Vintage 2007

Nariz fantástico e complexo, com fruta madura e ótimo frescor garantido por um intenso fundo mineral. Na boca é denso e encorpado. Um vinho poderoso, para curtir ao longo dos anos.

Excepcional
Amostra 25
Importadora: Grand Cru
Preço: R$612 (2003)

2. Duorum Vintage 2007

Um Porto superlativo, o estreante Duorum surpreendeu, exibindo um perfil aromático intenso e muito agradável. Sem dúvida o vinho mais estruturado do painel, um colosso de aço revestido com veludo.

Excepcional
Amostra 24
Importadora: Porto a Porto/Casa Flora
Preço:R$260

3. Niepoort Vintage 2007

Um vinho sério, talvez um pouco mais fechado que a maioria do painel, mesmo assim de grande elegância. Nariz complexo, com fruta fresca, toques vegetais e mineral. Taninos muito presentes e de excepcional qualidade. Um vinho com indiscutível poder de guarda.

Excepcional
Amostra 9
Importadora: Mistral
Preço: R$301 (2005)

4. Cockburn´s Vintage 2007

Concentrado e exuberante. Nariz incrivelmente floral, exalando ainda frutas negras, cedro e notas minerais de grande frescor. Taninos fantásticos, muito macios; um Porto com ótima estrutura, porém fácil de beber.

Excepcional
Amostra 6
Importadora: Interfood
Preço:

5. Quinta do Portal Vintage 2007

Bouquet muito complexo e fresco, com notas minerais e florais em destaque. Opulento, sua estrutura é fantástica e precisará de mais alguns anos na garrafa para abrandar seus taninos. Final muito longo e delicioso.

Excepcional
Amostra 22
Importadora: Paralelo 35 Sul
Preço:

6. Burmester Vintage 2007

Bouquet delicado e elegante. Uvas passas e amoras mescladas com um bom fundo mineral. Na boca tem ótima estrutura, taninos firmes, com final longo e doçura na medida certa.

Excepcional
Amostra 4
Importadora: Adega Alentejana
Preço:

7. Quinta do Vesúvio Vintage 2007 – Symington Family

Muita fruta madura (ao longo da degustação evoluiu bem no copo), nariz relativamente fresco e especiado. Taninos de excelente qualidade e macios.

Excepcional
Amostra 18
Importadora: Mistral
Preço: R$285 (2006)

8. Quinta do Vale D. Maria Vintage 2007

Bouquet complexo e profundo, lembrando frutas grelhadas e violetas. Na boca é encorpado, tem doçura média e uma boa persistência no final de boca.

Excelente
Amostra 15
Importadora: Vinho Sul
Preço:

9. Dow´s – Symington Family

Aroma elegante e fresco, remetendo a frutas negras, com certos nuances vegetais e terrosos. Não é dos mais encorpados, mas com seus taninos finos já maduros está delicioso para beber hoje.

Excelente
Amostra 14
Importadora: Épice
Preço:

10. Taylor´s Vintage 2007

Nariz intenso e penetrante com fruta madura e complexidade. Na boca taninos polidos, porém sólidos e um final relativamente longo e doce.

Excelente
Amostra 13
Importadora: Portuscale
Preço: 60 Euros

11. Ferreira Vintage 2007

Bouquet delicado, frutas negras e um fundo mineral. Volumoso, com taninos firmes, que ainda arranham um pouco.

Excelente
Amostra 1
Importadora: Aurora Bebidas
Preço:

12. Rozés Vintage 2007

Nariz complexo e refinado, com bom balanço entre frescor e potência. Muito estruturado, taninos vigorosos e um final longo e doce.

Excelente
Amostra 20
Importadora: Domaine Montes Claros
Preço:

13. Quinta do Crasto Vintage 2007

Aroma potente, com muita fruta madura e certo frescor mineral. Vigoroso, mas bem equilibrado. Longo e delicioso.

Excelente
Amostra 21
Importadora: Qualimpor
Preço: R$265 (2004)

14. Quevedo Vintage 2007

Nariz com complexidade, frutas supermaduras num fundo mineral. Na boca mostra força, equilíbrio e um final duradouro.

Excelente
Amostra 10
Importadora: sem importação
Preço:

15. Quinta do Noval Silval Vintage 2007

Bouquet mais direto, com fruta madura e algumas notas de couro e mineral. Na boca é doce e volumoso, reforçando a fruta passada. Taninos relativamente acessíveis e um final de boa persistência.

Excelente
Amostra 2
Importadora: Grand Cru
Preço: R$300 (2001)

16. Graham´s Vintage 2007 – Symington Family

Nariz intenso e frutado. Na boca é pura elegância, marcada por taninos finos e aveludados, final com boa doçura e um conjunto muito harmonioso.

Muito Bom
Amostra 17
Importadora: Mistral
Preço: R$437 (1997)

17. Warre´s Vintage 2007 – Symington Family

Muito feminino, com um bouquet rico em frutas como amoras e framboesas. Taninos finos e aveludados, doçura média e bem balanceado com o álcool. Um Vintage surpreendentemente pronto para beber.

Muito Bom
Amostra 16
Importadora: Decanter
Preço:

18. Poças Vintage 2007

O nariz mostra complexidade, mesclando cerejas e amoras, com algumas notas vegetais. Ótimo na boca, não é dos mais pesadões.

Muito Bom
Amostra 11
Importadora: Grand Cru
Preço: R$261 (1997)

19. Kopke Vintage 2007

Intenso e com muita fruta madura. É mais interessante no nariz do que na boca; tem boa estrutura e é fácil de beber.

Muito Bom
Amostra 5
Importadora: Global Wine
Preço:

20. Fonseca Vintage 2007

Inicialmente mais fechado e tímido, porém aos poucos começou a mostrar notas remetendo a frutas supermaduras. Na boca é balanceado e com textura sedosa.

Muito Bom
Amostra 3
Importadora: Vinci
Preço: R$385 (2003)

21. Quinta da Romaneira Vintage 2007

Agradável e equilibrado, outro Porto bem acessível na sua juventude, com muita fruta madura e final delicioso.

Muito Bom
Amostra 23
Importadora: Grand Cru
Preço: R$305 (2004)

22. Messias Vintage 2007

Bouquet mais fechado, com frutas negras em compota e certo toque mineral. Na boca taninos presentes e polidos.

Muito Bom
Amostra 7
Importadora: Porto a Porto / Casa Flora
Preço: R$197 (2003)

23. Quinta da Nova Vintage 2007

Aroma fresco e sutil; notas terrosas e herbáceas também aparecem. Na boca apresenta um bom equilíbrio, apesar de não impressionar.

Muito Bom
Amostra 26
Importadora: Vinea
Preço:

24. Real Companhia Velha Vintage 2007

Frutas vermelhas e notas florais em abundância, mas falta complexidade. Muito doce e alcoólico, deixa a desejar no final.

Bom
Amostra 8
Importadora: Barrinhas
Preço:

25. Vista Alegre Vintage 2007

Direto e  intenso, com  muita fruta supermadura. Falta um pouco de equilíbrio e complexidade.

Bom
Amostra 19
Importadora: sem importação

  • luis henrique r santos

    Estou tentando comprar algumas garrafas dessa safra, mas os preços aqui são proibitivos, em alguns casos chega a ser qse 3 vezes o preço cobrado nos Estados Unidos, por isso é de la q vou comprar e um amigo trara para mim

  • Pingback: Duorum no site QVinho | Casa Flora

  • thiago torres

    Também gostei muito dos Vintages 2007. com certeza esse ano foi (e continuará sendo) muito especial. o Duorum 2007 é fantástico mesmo…. achei ótimo seu comentário. Abraços.

  • http://www.duorum.pt Jose Maria Soares Franco

    Bela Prova. parabéns.

    Também gostei de ver a forma como apreciaram o DUORUM.

    Ficamos também á espera da vossa visita oa Douro. Há muito para ver e provar…

    um abraço,

    zmsf

  • http://quevedoportwine.com/ Oscar Quevedo

    Olá Jackson, é fácil d perceber através do vosso post que se divertiram muito a provar os Vintage da colheita de 2007. Fico muito contente, é para que todos os desfrutemos que os fazemos com tanta dedicação e empenho!

    Interessante também ver as vossas notas de prova, acho que não ficámos nada mal classificados!!!

    Oscar

    • http://www.qvinho.com.br Jackson

      Você tem razão Oscar, a prova foi realmente ótima, embora o número elevado de vinhos dificulte a análise; entre 15 e 20 seria melhor.

      Como eu disse o nível foi altíssimo, e a grande maioria deles eu compraria tranqüilamente sem ver o rótulo. Particularmente gosto do estilo dos Vintages mais potentes que conseguem aliar complexidade e uma certa elegância ainda na juventude. Porém, essa análise é subjetiva e pode variar muito sob a ótica de outros degustadores.

      A amostra 10 que correspondia ao Quevedo Vintage, sem dúvida foi muito bem avaliada em nossas anotações na prova às cegas. Em 2010 teremos um QVinho on The Road Portugal e certamente faremos uma prova por aí com seus outros rótulos.

      Parabéns pelo trabalho e sucesso!

      • http://quevedoportwine.com/ Oscar Quevedo

        Jackson, fico à espera da visita da equipa QVinho em 2010. Temos muita coisa para provar!