Reguengos Garrafeira dos Sócios 2001 – CARMIM

Vinho alentejano Reguengos Garrafeira dos Sócios 2001 - CARMIMA tradicional região vinícola do Alentejo ocupa um 1/3 de todo território português e, apesar da aparente vastidão, parece não haver um pedaço de terra sem vinhas. Pode parecer exagero, mas o Alentejo vive um crescente – e ininterrupto – aumento na produção de vinhos. Atualmente essa região conta com 250 produtores, sendo que muitos deles oferecem uma grande quantidade de produtos, alguns atingindo a marca de 20 rótulos. Ninguém dúvida do potencial qualitativo da região, já conhecido há muito tempo, porém muitos produtores ambiciosos estão fazendo vinho de qualidade duvidosa. Por outro lado, os melhores continuam fazendo vinhos excelentes, originais, que sempre terão lugar garantido nas adegas. São eles: o Pêra Manca, o Herdade do Esporão, a Sogrape e a CARMIM. Degustamos o vinho top deste último, o Reguengos Garrafeira dos Sócios 2001 e, para nossa felicidade, só temos elogios. A CARMIM é uma tradicional cooperativa do distrito de Reguengos de Monsaraz, a maior do Alentejo, que conta com 1.024 associados e 3.700 ha de vinhas cadastradas. O seu “Garrafeira dos Sócios” é uma parcela especial dos melhores vinhos da cooperativa, que são identificados por degustações regulares, permanecendo de 8 a 12 meses em barricas de carvalho português. As variedades utilizadas são a Aragonêz (Tempranillo), a Trincadeira e a Castelão, não tendo qualquer referência sobre a proporção de cada uma, mas tradicionalmente, a Trincadeira costuma predominar na zona de Reguengos. O Reguengos Garrafeira dos Sócios exibiu bela cor rubi, límpido e com ligeira transparência; halo aproximando-se do grená, denotando certa evolução; lágrimas densas e preguiçosas com leve coloração. O nariz é muito agradável e envolvente – certamente é mais sutil e delicado do que potente e complexo – revelando frutas silvestres frescas como a amora, mas também um toque de fruta assada, baunilha e especiarias doces. Bom corpo, taninos de alta qualidade bem integrados e finos; acidez muito boa em perfeito equilíbrio. O final é longo e frutado, mostrando requintada harmonia; é seco, porém macio, sem ser xaroposo. O Reguengos Garrafeira dos Sócios é um tinto saboroso do início ao fim, está perfeito agora, mas ainda pode resistir alguns anos. Para que esperar? É melhor aproveitar agora!

Excelente
Alentejano elegante e saboroso e, pelo que oferece, tem uma boa relação qualidade/preço. Perfeito para acompanhar uma paleta de ovelha na brasa.
Grad. Alcoólica: 13,5%
Preço: R$89
Importadora: Porto a Porto / Casa Flora

  • Rodrigo

    Gostei muito. Válido a descrição acima.

  • Danilo S. Filho

    Olá! Gosto muito dos vinhos portugueses e achei muito interessante os comentários sobre esse vinho. Quero ver se incluo o Carmim na minha próxima degustação de vinhos do Alentejo.