Kopi Luwak – O café animal

Palm Civet

Palm Civet

Considerado o café mais caro do mundo (US$ 600.00 por meio kilo), o Kopi Luwak (ou Civet Coffee) é com certeza também o mais exótico. O café vem normalmente das ilhas do arquipélago da indonésia, e também do vietnam e sul da Índia. Kopi é a palavra indonésia para café e Luwak é o nome do animal da foto acima, o Asian Palm Civet (Paradoxurus hermaphroditus), uma espécie de gato herbívoro que habita as florestas da dita região asiática. E a conexão entre o ‘gato’ e o café? Resposta: por alguma razão o animalzinho em questão adora banquetear-se com as frutinhas das árvores de café arábica da região, que obviamente por serem sementes, não são digeridas pelo animal. Até aí nada de extraordinário, mas a incrível capacidade humana de criação e aproveitamento das dádivas de Tupã, levou alguns indivíduos a pensar (e de fato) testar a qualidade e sabor do café que uma vez esteve nas entranhas do pseudo-felino comedor de arabica.

Café Kopi Luwak

Café Kopi Luwak

Pesquisa feita por diversas universidades atesta que o trato digestivo do animal realmente produz significativas mudanças nas sementes que depois de tratadas, higienizadas, e torradas, são vendidas a preço de ouro em sites especializados. Todos os que provaram desta iguaria, confirmam que o sabor é algo inigualável e que deve estar na lista dos que apreciam um bom café

Kopi Luwak - um dos cafés mais caros do mundo

Kopi Luwak - um dos cafés mais caros do mundo

  • http://garcya garcya

    é tambem como o animalzinho temos o habito d comer alguns tipo d regujitaçao como por exemplo o mel d abelha e outros nada mal nao sou tao fan d cafe mas tenho curiosidade de conhecer esse cafe q por sinal foi fermentado nas entranho do animalzinho ja pensou se aparec um vinho com essas caracteristica vamos tomar o q ???????????????????????????????????????????????????

  • francisco fraia

    eu experimentei em loco e realmente é fantastico a historia que contam é que quando os holandezes contrataram os nativos só deixavam eles pegarerem as sementes que estavam no chão para o seu proprio consumo e entre elas estavam a do luwak que eles lavavam e torravam

  • Paulo

    A minha cunhada veio de Timor e trou-se café já torrado do Kopi Luwak.

    Ainda não o provei!

  • wagner

    aos que qerem esperimentar vamos nos unir e comprar um kilo e degustar mataremos nossas vontade em coperativa ,kkkk

  • wagner

    gostaria de esperimentar e saber mais desta iguaria

  • Brigitte Cunha

    Olha gente ,estou em Bali nesse momento ,foi fazer uma nova aventura(canyonning ) no Norte da ilha ,e ,a base da partida era num vilareijo aonde os habitantes criam aquele Luwak ( o tal gamba ) ,vi ele comer os grãos de café,vi o coco dele secando ,e bebi bastante do Kopi Luwak.Fiz amizade com o proprietario do bichinho …mas francamente não consigui sentir nenhum gosto diferente naquele café!

  • http://www.brasilwork.com.br Leandro Magalhaes

    bastante interessante!!

    Fiquei louco para experimentar, é exotico, mas com certeza deve ser um sabor unico.

    Está na minha lista de desejos….

  • Ney fran

    Eu não tomo café de jeito “NENHUM”.
    Mas este eu tomaria.
    Estou com voçê Edelson, não tem nada a ver com o desprovimento do país.
    Porque para muitos parece que ser rico é crime quando na verdade é ao contrário.
    Mas com relação a bebida em questão, não vejo porque não experimentar ao invés de criticar!

    • francisco martins ds anjos filho

      vc tem razão. em qualquer latitude do mundo, o crime maximo é ser pobre. mas este é um bom café para ser servido ao chefe.

  • Luiz Carlos

    Humm…deve ser uma delicia esse cafézes…rsrsrs….gostaria de provar…..

  • http://avidos.wordpress.com Cláudio

    Parabéns pelo Blog, também sou apaixonado por vinhos, cafés, azeites etc.

    Estou “louco” para provar tanto o Kopi Luwak quanto o Jacu…

    Até agora não entendi o motivo das pessoas ficarem abismadas com o fato de a semente passar pelo trato digestivo do animal.

    Em primeiro lugar, tais animais têm uma alimentação saudável e vegetal, sendo suas fezes até mais puras que as nossas, por exemplo.
    Em segundo, os grãos selecionados e lavados, são moídos e passam por uma água a quase 100 graus em uma máquina de café, o que mata qualquer bactéria…

    Que diferença faz no produto químico final após todo esse processo? Uma comida considerada mais “limpa” pode na verdade ser mais “suja” do que este café oriundo das fezes. Por exemplo, comemos peixes, camarões, ostras… seres que se alimentam de “impurezas” do oceano… e ainda os comemos crus algumas vezes!

    Ainda bem que a maioria das pessoas deve achar esses cafés “nojentos”. Imagina se a procura fosse ainda maior, o preço se elevaria a níveis impraticáveis.

  • jairon

    Gato ou gambá, o que isso importa?
    O que intriga é o buraco que sai!

  • Paulo

    muito nojento
    mas deve ser bom, pra ter esse preço!

  • Elison

    O Kopi Luwak é um bom café o problema é encontra-lo no Brasil, e, quando encontramos a torra aconteceu há muito e muito tempo. Afazenda Camocim no ES, tem um café parecido JACU BIRD é um excelente café, sempre compro 250mg no Café do Mercado em Curitiba por 79,00. Vale o quanto custa.

  • vinicius

    Nunca provei o Kopi Luwak, mas de fato seria bom provar algo semelhante a achocolatado e uvas! Mas o preço, meu Deus! Não é nem uma facada, é um genocídio em massa…

  • Cláudio

    Já provei. De fato é o melhor que já provei.

  • Ramgon

    Acabei tb de ver o filme em questão que cita o tal ¨café animal¨e tenho munição para dar aos dois lados…Primeiro,que consumimos muitos produtos que desconhecemos,sequer,suas origens bem mais nojentas que do kopi-luwak. A nossa água ,que é tirada de rios, muitas vezes com alto índice de poluiçã,é um exemplo de como consumimos sem atinar para as origens. Por outro lado, os pequenos e caros capriços por nós aceitos, sem dividir as migalhas do que restam,me parece algo sensato a se pensar em qualquer site.

  • goreth

    humm… eu sou apaixonada por cafe + nao tenho coragem de degustar esse dai o + CARO DO MUNDO

  • RVictor

    E como deve proceder aquele individuo que adquire 1/2 kg dessa “raridade” e é chamado para um “recall”??? kkkkkkk

  • lidia

    Es incrible Las Cosas Que El Hombre y la Naturaleza pueden HACER en mi es para ponerlo en particular parece Ninguna cochinada sino algo increible. lo que si me parece algo excesivo es el precio de este producto,nose a lo mejor estoy equivocada y realmente es muy costoso el proceso de limpieza de estas semillas y de alli su valor pero en fin a Quien no le gusta degustar de cosas exquisitas como estas? y el que diga que no es un mentiroso e hipocrita como varios comentarios inapropiados y sin gusto alguno. Gracias por tomarse el tiempo en leer mi comentario!!!!

  • Antônio Krieger

    Ôpa, Mark! Desconsiderando seu palavreado chulo, respondo: o grão de café Kopi Luwak é “lavado” depois de sair do animalzinho… existe todo um processo de higienização do grão…
    E, se pararmos pra pensar, alimentação é algo cultural, que pode ser normal/bizarra dependendo do ponto de vista.
    Como o ovo da galinha! Sai do mesmo lugar que o Kopi! O mel, também, é puro vômito de abelha…mas é uma delícia!
    Saudações!

  • Mark Dutra

    Eh! O mundo tá mesmo acabando!!!!
    É cão (ou outro qualquer outro bicho de estimação) usando roupa e sapato, tendo festa de aniversário, batizado e casamento e gente comendo ração e agora até bosta.
    Para a Terra que eu quero descer.

  • http://www.conhecaopantanal.com.br Edelson

    Olá Jomar e Jackson.
    Pelos comentários parece que o pessoal não entendeu o espírito da coisa né…
    O blog é sobre boa culinária, bons vinhos, bons cafés… não tem nada a ver com pobreza do Brasil, ou com “mau gosto”.
    Quem quiser ou tiver a oportunidade, experimenta, quem não tiver ou não quiser, não experimenta oras bolas.
    Assim como o amigo “Antonio Krieger” acima, quando eu tiver oportunidade também experimentarei o Kopi Luwak. Pode ser que eu ache divino, e pode ser que não me agrade.
    Mas como um bom apreciador, acho que vale a pena pagar o preço, pela experiencia.
    Procuro sempre provar as coisas antes de sair por aí falando o que não sei, como foi o caso de alguns posts do pessoal…
    Abraços e parabéns pelo trabalho!

    • http://www.qvinho.com.br Jomar

      Esse é o nosso objetivo Edelson, estamos aqui para apresentar (e criticar) assuntos relacionados ao mundo da gastronomia e dos vinhos. Quanto ao Kopi Luwak, provei uma única vez, porém a amostra não era fresca e provavelmente misturada. Achei bem fraco, mas não posso afirmar que todo Kopi Luwak seja assim. É um café muito caro, acho que aqui no Brasil existem cafés melhores a preço bem mais baixo.

  • Marcelo Torres

    O que mais me deixa intrigado é que para a maioria dos metidos a entendidos é só colocar um produto com um valor exorbitante que passa a ser “divino”, “maravilhoso”, inigualável”, ou outra palavra que são utilizadas para a definição.
    Honestamente? Dou risada destes coitados.
    O filme “Antes de partir” retrata bem este exemplo. O personagem do Jack Nickolson, apesar de ser um mega milionário, é um idiota cultural sobre o tema.
    Literalmente comia merda e achava bom.

  • Edson Santana

    adoro café, embora não conheça o kopi luwak acho que pagar US$ 600,00 em meio kilo desse café é uma forma de gastar egoisticamente o dinheiro em um engano, a invenção humana chega ao ridiculo, imagino que nesse pais existam mais esfomiados e desempregados do que apreciadores de café defecado, e a sim caminha a humanidade, uns que dão muito a um café de bosta a adotarem uma criança em uma instituição..

  • Antonio Krieger

    Olha, gente, provei o fatídico Kopi Luwak no Mercado Municipal de Curitiba há uns 6 meses, logo depois de ter assitido ao filme “Antes de Partir”. Paguei R$ 20 ou 25,00 pela xícara e achei um bom café. Ponto.
    Para o meu gosto, não há nada de excepcional no Kopi, já tomei outros bons cafés por aí que não deixaram nada a desejar.
    Por outro lado, nao sou um barista nem um grande apreciador de café. Tomei-o (e paguei esse preço) por ser um curioso “gourmand”.
    Quem sabe, para um profundo conhecedor do assunto, tenham sido lançadas “pérolas aos porcos”. Acho que, em todo o caso, vale a experiência. Melhor que gastar R$20,00 em estacionamento, ou em cigarros, como muitos fazem por aí!
    Saudações!

  • pedro

    Já provei o de Jacu, em Brasília exatamente no restaurante indicado. Custou R$ 9,00. Achei o café delicioso e, tão logo tenha oportunidade, também provarei o Kopi Luwak. Já ouvi dizer que existe um local em São Paulo que oferece a iguaria.Para os apreciadores de café o do Jacu é imperdível. Recomendo!!!

  • Vanessa

    Também gostaria muito de experimentar. Já tive a oportunidade de provar o Jacu Bird e realmente é excelente. Em Brasília pode ser encontrado no Quitinete.

    • pedro

      O de Jacú custou R$ 9,00 cada cafezinho. Encontrei-o em Brasília no Restaurante Quitinete. Para quem conhece o café Nespresso, que apresenta muitas opções e variedades de café, sugeri a uma revendedora da marca que inclusse estes exóticos entre os oferecidos por eles.

  • Adalberto Salvador Nunes

    Não Importa por onde ele passa, ou onde ele é depositado, café será sempre café.. em qualquer condições..

    viva o nosso cafézinho.

  • cleia oliveira

    Estou louca para esperimentar, pois gosto muito de café, deve ser interessante o sabor,no brasil, onde tem? e quanto é, uma xicara?bjos obrigada!!!

  • marcos

    vejam que coisa hei…enquanto muitos reclamam da crise e tmb muitos sente fome os bonitões gastam essa dinherama com café de fezes dum filino da puta…kkk

  • Gilda

    O melhor comentário:

    Thiago com seu “cafezes”!!!!!!

    Mas o filme “Antes de partir” é muito interessante… Assisti ontem e também quiz conferir o Kopi Luwak…

    Dei boas risadas com o personagem do Morgan Freeman quando ele explicou a origem do kopi luwak… o que mais me impressiona é uma pessoa apreciar uma coisa e não se interessar em pesquisar o objeto de apreciação dela… e isso é tão comum!!!

  • Thiago

    Um verdadeiro “Cafezes”

  • http://www.blendcafegourmet.blogspot.com João Fernando

    Sou Barista e ainda não tive a oportunidade de esperimentar este tipo de café, mas conheço pessoas que já experimentaram a versão brasileira e comentaram que é delicioso.

  • JOSE ROBERTO SOARES DE SOUZA

    Trabalho para uma empresa de cafe e achei muito interessante estes capricho da natureza.

  • Leila

    Eu gostaria de experimentar o tal kopi luwak, e gostaria de saber onde posso apreciar a bebida pronta no Brasil.Alguém poderia me ajudar? Obrigada.

  • ednei bambui

    adorei a reportagem do animalzinho…ehehe
    to ate pensando em comer cafe cereja e depois bater o barro pra ganhar uma graninha facil….ehehehehe

  • julio

    Nojento…

  • adriano

    muito legal

  • http://www.bemvindoaomundovirtual.blogspot.com Victor 9375

    hahahah eu também vi o filme “Antes de Partir”, com Morgan Freeman e Jack Nicholson, e também resolvi pesquisar!!!
    Realmente, na legenda fala que é gambá, e na dublagem que é um “gato”, na verdade estou vendo o filme novamente neste exato momento!

  • Kassio Enderson

    Como todos leram, o Kopi Luwak é um café de extrema qualidade, porém só que já teve o prazer de tomar essa magnifica bebida pode mensurar o seu verdadeiro sabor e requinte. Por isso recomendo a todos que provem quando puderem esse tipo de bebida com gosto de chocolate meio amargo e geleia de uva.

  • Richard

    Atenção investidores para grande produção deste café, podendo baratear o preço final do produto.
    Luwak:(inviável) O pequeno animal vive longe, lá na Indonésia e como come pouco, faz pouco cocô “pouca produção”
    Jacú: (pouco melhor) Esta ave e encontrata com certa abundância, mas como voa, vai acabar cagando na cabeça dos outros. “alto custo com shampoos etc.”
    Lula: Este molusco é insaciável e só faz “cagada” TÁ AÍ O BICHO. RSRSRSRSRS

  • PUDIN ,PR

    ISTO QUE E SABER DAR VALOR A CORAGEM DE ALGUEM
    QUANTAS MERDAS ELE DEVE TER ESPREMENTADO
    MAIS VALEU PARABENS PARA OS DESCOBRIDORES

  • http://www.mdkcore.da.ru MDK

    Hahaha, a foto até parece uma barra de cereal…

  • Rodrigo Antunes

    Só para esclarecimento,este café é encontrado no Mercado Municipal de Curitiba, porém seu preço é R$ 980,00 o kilo, está tendo uma boa saída fui nesta semana lá e não encontrei devido a procura.

  • Pingback: Kopi Luwak - O café animal « Blog do Feyo

  • Leandro

    Gambá, Jacu… Qual será o próximo bicho?

  • http://www.qvinho.com.br Jomar

    Pois é Léo, tentei entrar em contato com o pessoal da Camocim, mas não obtive resposta. Parece que eles não fazem muita questão de vender este café…

  • http://www.flickr.com/photos/baristando Léo Moço

    Então, já existe a versão Brasileira como o Capaverde postou, trabalhei com o produtor desse café e usei o café para fazer minha bebida no campeonato brasileiro de Baristas.

    Existem algumas diferenças, o Kopi é uma mistura de Ar’bica com Robusta, já o Jacu se alimenta das cerejas da espécie arábica. A fazenda se chama Camocim ( site http://www.camocimorganic.com) . A bebida desse café é de extrema doçura e suavidade, um ótimo ca’fe para ser apreciado em uma french press … Essas características talvez se deva ao instinto do animal, que apenas come as cerejas mais maduras e como sua alimentação é feita a partir de pequenos grãose outros vegetais os grão de café não fermentam …

    O café é vendido no site http://www.sweetmarias.com onde vcs podem também conhecer um pouco mais dele.

    Abraços

  • Aécio

    Pô! Mesmo citando a chocante origem do café o pessoal ainda tenta amainar os fatos he he. Realmente o animal citado não é parente dos gatos e sim um mustelídeo, ou seja, é parente dos gambás!
    Mas se existe gente que paga U$ 600 por meio quilo desse troço a galera vende, né? he he he
    Já imaginou se o animal soubesse disso??!! hahahahahaha

  • Vilma

    eu tambem assisti ao filme “Antes de partir” e tambem achei super interessante o “processo” exotico do cafe…
    é resumindo…”Qualidade é uma Merda!”

  • http://www.qvinho.com.br Jomar

    Sim Wesley! Tecnicamente, os Palm Civet são gambás.

  • wesley

    Que dahora….. conheci o Kopi Luwak hoje assistindo ao filme “Antes de Partir”, com Morgan Freeman (ótimo filme, indico para todos…)
    e no filme o colega de quarto de Morgan aprecia esta iguaria da Indonésia. Então resolvi procurar a respeito deste exótico café…
    e nessa pesquisa descobro que é verdade. Só que no filme eles falam que o animal que faz a digestão das sementes do café é um gambá. Nossa mas é muito caro esse café… nunca vi um excremento valer tanto. hUAHSuahsuHASUHaushuAHSUashuAHS

  • Sergio

    Tem pra vender Kopi Lowak no mercado municipal em Curitiba por R$ 780-e-tantos o kilo.

  • João Elias Rosa

    Incrivel. Mas, já que o grão não sofre o processo digestivo, ele poderia ser produzido artificialmente simulando-se o ambiente em termos de pressão, temperatura e tempo.

  • Carlos Capaverde

    Johnatan

    Já existe a versão brasileira, só que o animal usado é um pássaro, o Jacu e o café é arábica, mas infelizmente não é comercializado no Brasil.

  • johnatan

    quando me chamarao para tomar uma café desse pensei q seria ruim afinal é o melhor cafésim do mundo pena q esse bichinho nao tem no brasl

  • Carlos Capaverde

    Com relação à “reciclagem” de excremento animal, faz muito tempo que temos esta prática, um exemplo é o mel, que não deixa de ser vômito de abelha.
    Mas gostei do eufemismo, porque o animal citado não é parente dos felinos (felino herbívoro?), portanto não é uma espécie de gato e sim uma espécie de gambá, já que além de ser herbívoro, ele também tem como mecanismo de defesa uma glândula que excreta um líquido com cheiro horroroso.

  • Adê

    Muito interessante!!!
    Nada como uma primeira oportunidade para provar este café.
    O gato é mais limpo que muitos .

  • Nathalia

    Nossa…. estou impressionada! Eu sabia que a reciclagem de materiais como Plástico, Papel, Vidro, Metais e outros estava em alta, mas daí à “reciclar” excremento animal ( independente de onde seja ) realmente me chocou…. ainda mais por um valor desses… e não adianta falar que é café… prá mim isso é ” bosta ” em decomposição e pronto. Acho que vou começar à vender minha também…quem sabe eu não fico rica hehehehehehhe

  • Merofa

    Qualidade é uma merda!